Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Árvore ameaça cair sobre casa no Novo Oratório


Caroline Garcia
Especial para o Diário

23/02/2012 | 07:00


Há nove meses, a dona de casa Maria Cristina Oliveira de Souza Alves, 42 anos, comprou casa na Rua África, no Parque Novo Oratório, em Santo André. Em frente, havia uma árvore em boas condições. Hoje, a planta está inclinada, e ameaça cair em direção à residência.

Segundo a moradora, o problema começou em novembro, quando a Eletropaulo fez a poda dos galhos que atrapalhavam a fiação. "Depois disso, ela pendeu em direção à minha casa, e a cada dia inclina mais. As raízes estão levantando, destruindo a calçada e rachando o piso da garagem."

A primeira reclamação que Maria Cristina registrou junto à Prefeitura foi também em novembro, assim que a árvore começou a inclinar. Desde essa época, diversas vistorias já foram agendadas, mas nenhuma aconteceu.

"A única justificativa que eles dão é que o protocolo está encaminhado e mandam aguardar. Tenho criança em casa, e todos os dias que chove ou que ameaça uma ventania, fico desesperada."

A Prefeitura de Santo André foi procurada e informou que somente hoje teria uma posição sobre o assunto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Árvore ameaça cair sobre casa no Novo Oratório

Caroline Garcia
Especial para o Diário

23/02/2012 | 07:00


Há nove meses, a dona de casa Maria Cristina Oliveira de Souza Alves, 42 anos, comprou casa na Rua África, no Parque Novo Oratório, em Santo André. Em frente, havia uma árvore em boas condições. Hoje, a planta está inclinada, e ameaça cair em direção à residência.

Segundo a moradora, o problema começou em novembro, quando a Eletropaulo fez a poda dos galhos que atrapalhavam a fiação. "Depois disso, ela pendeu em direção à minha casa, e a cada dia inclina mais. As raízes estão levantando, destruindo a calçada e rachando o piso da garagem."

A primeira reclamação que Maria Cristina registrou junto à Prefeitura foi também em novembro, assim que a árvore começou a inclinar. Desde essa época, diversas vistorias já foram agendadas, mas nenhuma aconteceu.

"A única justificativa que eles dão é que o protocolo está encaminhado e mandam aguardar. Tenho criança em casa, e todos os dias que chove ou que ameaça uma ventania, fico desesperada."

A Prefeitura de Santo André foi procurada e informou que somente hoje teria uma posição sobre o assunto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;