Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Preso mais um homem acusado de incendiar carros


Do Diário do Grande ABC

15/10/1999 | 13:37


A polícia de Marília prendeu, na noite de quinta-feira (14), mais um homem acusado de ser incendiário de carros. O cobrador Sérgio Pinto Uliam ligou de um orelhao do centro da cidade dizendo ter queimado cinco veículos e de ter ajudado o vigia noturno Manoel Messias Alves Martins, que confessou ter ateado fogo em 39 dos 49 carros destruídos.

Com o auxílio de um rastreador de telefonemas, a polícia soube onde Sérgio estava e o surpreendeu quando ele ainda falava no telefone.

Sérgio negou ser incendiário e disse que estava alcoolizado. No entanto, ele admitiu que iria queimar mais um carro. Com ele, foram encontrados uma garrafa de álcool e um isqueiro.

O pai do acusado foi à delegacia e disse que o filho tem distúrbios mentais e problemas com álcool e drogas. A polícia confirmou a versao e informou que ele tem ficha policial por vandalismo.

Sérgio acabou sendo liberado na manha desta sexta-feira, mas continuará sendo investigado.

As informaçoes sao do telejornal SPTV, da Rede Globo.

Prisao Preventiva - O juiz José Henrique Ursulino, da 2ª Vara Criminal de Marília (SP), decretou, quarta-feira (13), a prisao preventiva do vigia noturno Manoel Messias Alves Martins, acusado de ser o maníaco que desde janeiro vinha incendiando carros na cidade.

O juiz atendeu o pedido do delegado José Carlos Costa, diretor da Delegacia de Investigaçoes Gerais (DIG), feito com base em dois inquéritos, já concluídos, que apontam Messias como autor dos crimes.

O vigia foi preso na semana passada quando telefonava para a Polícia Militar dizendo ser o incendiário e ameaçando queimar mais dois veículos em Marília. De acordo com o delegado, Messias confessou, em detalhes, como incendiou 39 dos 49 veículos destruídos na cidade. E também assumiu a responsabilidade por uma tentativa de incêndio. Ao todo, segundo o policial, serao instaurados 21 inquéritos policiais para apurar sua responsabilidade.

O delegado comunicou ao vigia a decretaçao da preventiva às l9h45 horas de quarta-feira (13); meia hora depois ele foi transferido da cela especial onde estava para a cadeia pública da cidade, onde já haviam outros setes detentos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;