Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rebelde suicida explode bomba contra hotel na Caxemira


Da AFP

06/04/2005 | 10:30


Um rebelde suicida realizou um ataque nesta quarta-feira contra um hotel em Srinagar, na zona indiana da Caxemira, deixando três feridos. No local, 25 passageiros aguardavam para pegar o primeiro ônibus para a Caxemira paquistanesa.

Em Nova Délhi, o ministro do Interior indiano, Prakash Jaiswal, confirmou logo após o ataque que, na quinta-feira, se reiniciaria a conexão por ônibus entre Srinagar, capital da Caxemira indiana, e Muzaffarabad, principal cidade da Caxemira paquistanesa, pela primeira vez em mais de 50 anos.

Rebeldes separatistas e as forças de segurança que estavam perto do complexo da Direção Local de Turismo em Srinagar trocaram tiros, segundo testemunhas. Quatro grupos muçulmanos da Caxemira, que lutam contra o poder federal indiano desde 1989, gritaram aos passageiros para que eles não viajassem.

As viagens por ônibus entre as duas cidades da Caxemira foram interrompidas pouco depois da independência da Índia e Paquistão, que declararam uma primeira guerra pelo controle desta região em 1947. Desde então, o território himalaio permanece dividido em duas partes separadas pela Linha de Controle que os ônibus cruzarão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rebelde suicida explode bomba contra hotel na Caxemira

Da AFP

06/04/2005 | 10:30


Um rebelde suicida realizou um ataque nesta quarta-feira contra um hotel em Srinagar, na zona indiana da Caxemira, deixando três feridos. No local, 25 passageiros aguardavam para pegar o primeiro ônibus para a Caxemira paquistanesa.

Em Nova Délhi, o ministro do Interior indiano, Prakash Jaiswal, confirmou logo após o ataque que, na quinta-feira, se reiniciaria a conexão por ônibus entre Srinagar, capital da Caxemira indiana, e Muzaffarabad, principal cidade da Caxemira paquistanesa, pela primeira vez em mais de 50 anos.

Rebeldes separatistas e as forças de segurança que estavam perto do complexo da Direção Local de Turismo em Srinagar trocaram tiros, segundo testemunhas. Quatro grupos muçulmanos da Caxemira, que lutam contra o poder federal indiano desde 1989, gritaram aos passageiros para que eles não viajassem.

As viagens por ônibus entre as duas cidades da Caxemira foram interrompidas pouco depois da independência da Índia e Paquistão, que declararam uma primeira guerra pelo controle desta região em 1947. Desde então, o território himalaio permanece dividido em duas partes separadas pela Linha de Controle que os ônibus cruzarão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;