Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Membros de seita proibida sao presos na China durante protesto


Do Diário do Grande ABC

05/12/1999 | 16:21


Aproximadamente 20 membros do Falun Gong, grupo de meditaçao declarado ilegal pelas autoridades chinesas, se sentaram no chao, neste domingo, na Praça da Paz Celestial, em um ato de protesto, mas foram imediatamente detidos pela polícia.

Os ativistas foram colocados em um veículo policial mas um homem que resistiu foi agarrado por policiais e jogado em outro carro. Pelo menos 10 pessoas foram detidas, antes e depois do protesto.

Os membros da seita foram à praça protestar contra a decisao do governo que, em julho, passado, declarou o grupo ilegal. Os agentes policiais que patrulham a praça impedem qualquer ato de protesto e prendem quem os promove.

O governo chinês declarou a seita ilegal por considerá-lo uma ameaça ao regime do Partido Comunista. Antes de ser proibida, a Falun Gong tinha milhoes de adeptos que se reuniam em praças por todo o país para fazer exercícios, meditar e comentar os escritos do fundador da seita, Li Hongzhi, que misturou um pouco de budismo, de taoísmo e de práticas tradicionais de exercício e meditaçao que acreditam melhorar a saúde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Membros de seita proibida sao presos na China durante protesto

Do Diário do Grande ABC

05/12/1999 | 16:21


Aproximadamente 20 membros do Falun Gong, grupo de meditaçao declarado ilegal pelas autoridades chinesas, se sentaram no chao, neste domingo, na Praça da Paz Celestial, em um ato de protesto, mas foram imediatamente detidos pela polícia.

Os ativistas foram colocados em um veículo policial mas um homem que resistiu foi agarrado por policiais e jogado em outro carro. Pelo menos 10 pessoas foram detidas, antes e depois do protesto.

Os membros da seita foram à praça protestar contra a decisao do governo que, em julho, passado, declarou o grupo ilegal. Os agentes policiais que patrulham a praça impedem qualquer ato de protesto e prendem quem os promove.

O governo chinês declarou a seita ilegal por considerá-lo uma ameaça ao regime do Partido Comunista. Antes de ser proibida, a Falun Gong tinha milhoes de adeptos que se reuniam em praças por todo o país para fazer exercícios, meditar e comentar os escritos do fundador da seita, Li Hongzhi, que misturou um pouco de budismo, de taoísmo e de práticas tradicionais de exercício e meditaçao que acreditam melhorar a saúde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;