Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão faz hora extra para encarar o Corinthians


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

21/03/2005 | 13:54


A vitória sobre o União São João, em Araras (5 a 4), e principalmente a forma como ela ocorreu, motivou o São Caetano para as seis rodadas finais do Campeonato Paulista. O Azulão voltou ao batente domingo de manhã e se prepara para encarar o Corinthians, quarta-feira, no estádio do Pacaembu. Nesta partida, o técnico Estevam Soares espera poder contar com o zagueiro Douglas, que não disputou o jogo de sábado porque estava contundido. O meia Canindé, que também se recupera de uma pancada no tornozelo, pode retornar.

Estevam gostou do desempenho do time em Araras. “Foi uma vitória muito importante pelas circunstâncias em que ela ocorreu. Além do cansaço, a equipe estava muito abalada pela desclassificação da Copa do Brasil pelo Treze-PB”, disse o treinador.

O que mais chamou a atenção de Estevam em sua estréia no Azulão foi a forma com que o time atuou. “Os jogadores lutaram o tempo todo e isso me agradou muito, porque queremos montar uma equipe forte do ponto de vista tático, mas que também tenha muita raça”, afirmou o treinador.

Domingo, apesar de ser domingo, os jogadores começaram cedo no batente. Logo pela manhã se reapresentaram ao treinador. Os titulares fizeram um trabalho de recuperação física na banheira de gelo. Já os reservas, e os que não foram escalados para o jogo, participaram de um treino tático. “Temos três dias até o jogo e temos de aproveitar da melhor maneira possível”, destacou o treinador, que mais uma vez enfatizou que a meta do São Caetano é terminar o Paulista entre os cinco primeiros para garantir uma vaga na Copa do Brasil.

Olha eu aqui – Os jogadores também querem agradar o técnico e cativar um lugar na equipe. Raullen, que começou o ano como titular e depois foi para a reserva, é um deles. O volante entrou no segundo tempo da partida contra o União e marcou um golaço, que definiu a vitória.

“Eu vou trabalhar mais forte ainda. Minha esperança é confundir a cabeça do treinador e mostrar que tenho uma chance na equipe”, afirmou Raullen, ainda contente pelo golaço que marcou em Araras. “Jamais havia feito um gol assim, principalmente porque definiu o jogo”, destacou.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Azulão faz hora extra para encarar o Corinthians

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

21/03/2005 | 13:54


A vitória sobre o União São João, em Araras (5 a 4), e principalmente a forma como ela ocorreu, motivou o São Caetano para as seis rodadas finais do Campeonato Paulista. O Azulão voltou ao batente domingo de manhã e se prepara para encarar o Corinthians, quarta-feira, no estádio do Pacaembu. Nesta partida, o técnico Estevam Soares espera poder contar com o zagueiro Douglas, que não disputou o jogo de sábado porque estava contundido. O meia Canindé, que também se recupera de uma pancada no tornozelo, pode retornar.

Estevam gostou do desempenho do time em Araras. “Foi uma vitória muito importante pelas circunstâncias em que ela ocorreu. Além do cansaço, a equipe estava muito abalada pela desclassificação da Copa do Brasil pelo Treze-PB”, disse o treinador.

O que mais chamou a atenção de Estevam em sua estréia no Azulão foi a forma com que o time atuou. “Os jogadores lutaram o tempo todo e isso me agradou muito, porque queremos montar uma equipe forte do ponto de vista tático, mas que também tenha muita raça”, afirmou o treinador.

Domingo, apesar de ser domingo, os jogadores começaram cedo no batente. Logo pela manhã se reapresentaram ao treinador. Os titulares fizeram um trabalho de recuperação física na banheira de gelo. Já os reservas, e os que não foram escalados para o jogo, participaram de um treino tático. “Temos três dias até o jogo e temos de aproveitar da melhor maneira possível”, destacou o treinador, que mais uma vez enfatizou que a meta do São Caetano é terminar o Paulista entre os cinco primeiros para garantir uma vaga na Copa do Brasil.

Olha eu aqui – Os jogadores também querem agradar o técnico e cativar um lugar na equipe. Raullen, que começou o ano como titular e depois foi para a reserva, é um deles. O volante entrou no segundo tempo da partida contra o União e marcou um golaço, que definiu a vitória.

“Eu vou trabalhar mais forte ainda. Minha esperança é confundir a cabeça do treinador e mostrar que tenho uma chance na equipe”, afirmou Raullen, ainda contente pelo golaço que marcou em Araras. “Jamais havia feito um gol assim, principalmente porque definiu o jogo”, destacou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;