Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Sodexho disputará mercado de tíquetes-refeiçao


Do Diário do Grande ABC

04/04/1999 | 16:26


A multinacional francesa Sodexho está entrando para valer no mercado brasileiro de tíquetes de refeiçao. A empresa acaba de adquirir o controle da Refeichek, vice-líder no mercado gaúcho. O diretor de Marketing, Sérgio Chaia, conta que os investimentos de R$ 100 milhoes feitos no Brasil, em tecnologia e máquinas avançadas para a impressao de tíquetes, incluem a compra da empresa gaúcha.

Cerca de R$ 1 milhao, dos R$ 4 milhoes previstos para o ano de 1999 em publicidade, serao gastos na primeira campanha, que deve ser veiculada a partir de abril. A agência Lew Lara, responsável pelo trabalho, terá de emplacar no mercado brasileiro as marcas das três empresas que pertencem à multinacional no País (Cheques Cardápio, Banerj Convênios e Refeichek), com o objetivo de relacionar o nome do grupo francês à qualidade, solidez, tecnologia e inovaçao.

A primeira investida da Sodexho no Brasil foi em 1996 com a compra de 30% das açoes da Cheques Cardápio. Hoje, ela possui o controle integral da empresa. Logo depois, veio a compra da Banerj Convênios do Banco Itaú, para reforçar sua presença no mercado carioca.

Com as três empresas, a Sodexho estima faturar R$ 116 milhoes por mês, ou R$ 1,4 bilhoes por ano. Sao a Refeichek, adquirida há pouco tempo, deve render R$ 300 milhoes por ano. Esses resultados devem se somar ao valor anual de US$ 7,7 bilhoes que a multinacional espera de rendimento por conta de sua atuaçao em mais de 50 mil empresas-clientes, em 19 países. Sao 5 milhoes de usuários de tíquetes da Sodexho em todo o mundo. Quase 1 bilhao de tíquetes impressos por ano.

A Sodexho só perde no ranking para a companhia Accor, também francesa, ligada ao grupo hoteleiro Sofitel. Líder mundial e no Brasil, a Accor controla a Ticket Restaurante (TR), no País desde 1976. A Associaçao das Empresas de Alimentaçao e Refeiçoes Convênio para o Trabalhador (Assert) estima que o setor no Brasil deve movimentar R$ 5 bilhoes por ano.

Das 10 empresas existentes, segundo o presidente da entidade Artur Brito de Almeida, apenas quatro (TR, Vale Refeiçao, Cheque Cardápio e Transcheque) comandam 90% do mercado. Apesar da crise que tomou conta dos centros financeiros internacionais, a Sodexho nao registrou retraçao no crescimento.

"O crescimento foi pequeno, mas o Brasil ainda oferece muitas oportunidades", disse Chaia. A empresa espera superar a marca dos 15 mil clientes do Cheque Cardápio e 3,5 mil do Refeichek.

O esforço da multinacional francesa para conquistar a vice-liderança no Brasil nao se resume a aplicaçoes em tecnologia e equipamentos. Para competir, a Sodexho tenta atrair novos clientes, investindo num programa de marketing. Numa parceria com a Varig, por meio do programa de milhagem Smilles, a multinacional concede uma milha de viagem aos consumidores para cada R$ 15 gastos com os tíquetes refeiçao. Segundo Sérgio Chaia, mais de 5 mil clientes já foram beneficiados pelo programa. "As promoçoes também levaram para os Estados Unidos um vencedor de um concurso de viagem, que conheceu os estúdios da Warner Bross e Hollywood", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sodexho disputará mercado de tíquetes-refeiçao

Do Diário do Grande ABC

04/04/1999 | 16:26


A multinacional francesa Sodexho está entrando para valer no mercado brasileiro de tíquetes de refeiçao. A empresa acaba de adquirir o controle da Refeichek, vice-líder no mercado gaúcho. O diretor de Marketing, Sérgio Chaia, conta que os investimentos de R$ 100 milhoes feitos no Brasil, em tecnologia e máquinas avançadas para a impressao de tíquetes, incluem a compra da empresa gaúcha.

Cerca de R$ 1 milhao, dos R$ 4 milhoes previstos para o ano de 1999 em publicidade, serao gastos na primeira campanha, que deve ser veiculada a partir de abril. A agência Lew Lara, responsável pelo trabalho, terá de emplacar no mercado brasileiro as marcas das três empresas que pertencem à multinacional no País (Cheques Cardápio, Banerj Convênios e Refeichek), com o objetivo de relacionar o nome do grupo francês à qualidade, solidez, tecnologia e inovaçao.

A primeira investida da Sodexho no Brasil foi em 1996 com a compra de 30% das açoes da Cheques Cardápio. Hoje, ela possui o controle integral da empresa. Logo depois, veio a compra da Banerj Convênios do Banco Itaú, para reforçar sua presença no mercado carioca.

Com as três empresas, a Sodexho estima faturar R$ 116 milhoes por mês, ou R$ 1,4 bilhoes por ano. Sao a Refeichek, adquirida há pouco tempo, deve render R$ 300 milhoes por ano. Esses resultados devem se somar ao valor anual de US$ 7,7 bilhoes que a multinacional espera de rendimento por conta de sua atuaçao em mais de 50 mil empresas-clientes, em 19 países. Sao 5 milhoes de usuários de tíquetes da Sodexho em todo o mundo. Quase 1 bilhao de tíquetes impressos por ano.

A Sodexho só perde no ranking para a companhia Accor, também francesa, ligada ao grupo hoteleiro Sofitel. Líder mundial e no Brasil, a Accor controla a Ticket Restaurante (TR), no País desde 1976. A Associaçao das Empresas de Alimentaçao e Refeiçoes Convênio para o Trabalhador (Assert) estima que o setor no Brasil deve movimentar R$ 5 bilhoes por ano.

Das 10 empresas existentes, segundo o presidente da entidade Artur Brito de Almeida, apenas quatro (TR, Vale Refeiçao, Cheque Cardápio e Transcheque) comandam 90% do mercado. Apesar da crise que tomou conta dos centros financeiros internacionais, a Sodexho nao registrou retraçao no crescimento.

"O crescimento foi pequeno, mas o Brasil ainda oferece muitas oportunidades", disse Chaia. A empresa espera superar a marca dos 15 mil clientes do Cheque Cardápio e 3,5 mil do Refeichek.

O esforço da multinacional francesa para conquistar a vice-liderança no Brasil nao se resume a aplicaçoes em tecnologia e equipamentos. Para competir, a Sodexho tenta atrair novos clientes, investindo num programa de marketing. Numa parceria com a Varig, por meio do programa de milhagem Smilles, a multinacional concede uma milha de viagem aos consumidores para cada R$ 15 gastos com os tíquetes refeiçao. Segundo Sérgio Chaia, mais de 5 mil clientes já foram beneficiados pelo programa. "As promoçoes também levaram para os Estados Unidos um vencedor de um concurso de viagem, que conheceu os estúdios da Warner Bross e Hollywood", afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;