Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Formaturas são uma mina de ouro


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

06/11/2005 | 08:21


  

Em 2003, o vendedor Alexandre Mantuan, que trabalhava em uma empresa paulistana de festas de formaturas, decidiu abrir o próprio negócio, num lugar até então carente desse tipo de serviço: o Grande ABC. Descobriu uma mina de dinheiro.

Hoje, antes de comemorar o aniversário de dois anos de idade, Mantuan afirma que a empresa dele – a Formax Formaturas – detém cerca de 90% do mercado da região entre as agências de formatura com sede no Grande ABC, emprega 20 pessoas e projeta até final de 2006 multiplicar por dois os números atuais de faturamento, funcionários e clientes – que passam atualmente de 3 mil formandos por ano.

“Da noite para o dia, vi um mercado imenso e milionário cair no meu colo. Sempre digo aqui na empresa aos meus funcionários e parceiros que o sucesso só pode ter sido resultado de um verdadeiro milagre. Foi um tiro certeiro, sem dúvida”, define Mantuan, com sorriso no rosto.

Um cálculo simples dá uma noção melhor do “milagre” citado pelo empresário. O custo médio de uma festa de formatura por aluno é de R$ 1,7 mil, segundo a Abref (Associação Brasileira das Empresas de Formaturas). Multiplicado por 3 mil clientes, o faturamento bruto ultrapassa R$ 5 milhões anuais. Se a previsão de Mantuan, de dobrar a quantidade de clientes no ano que vem se concretizar, a empresa terá em conta corrente mais de R$ 10 milhões.

O rápido crescimento da Formax dá uma dimensão do mercado de formaturas no Grande ABC, que floresce na esteira da expansão da indústria da educação. O aumento do número de universidades, cursos e, por conseqüência, alunos em busca de um diploma, faz o segmento viver a melhor fase da história.

Na disputa pela preferência dos alunos, as empresas do setor partem para a ofensiva, e buscam os estudantes dentro das próprias universidades. A exemplo de outras empresas de formatura, a Formax promove shows e sorteios nos intervalos das aulas. Vale tudo para conquistar a simpatia de clientes em potencial.

Segundo a Abref, não existem números exatos para definir a atual realidade do setor na região. No entanto, a entidade garante que a rápida expansão do mercado começa a derrubar os preços dos principais serviços.

Estimativa da entidade aponta que nos últimos cinco anos o preço médio de uma festa de formatura caiu cerca de 50%, acompanhando o barateamento dos serviços terceirizados – o custo por aluno na Grande São Paulo varia hoje entre R$ 900 e R$ 3,5 mil, de acordo com o número de alunos por evento e perfil do curso.

  

Concorrência – Embora empresas especializadas em serviços de formaturas nascidas do Grande ABC sejam poucas, esse mercado já é explorado por empresas da capital há anos. É o caso da Dorana Forte Real Formaturas, do bairro paulistano de Pirituba. Em parceria com universidades da região – como Metodista, em São Bernardo, UniABC, de Santo André, e Imes, de São Caetano, entre outras – a empresa presta serviços que vão desde organização da festa a contratação de bandas, bufês e venda de álbuns de fotos.

“Estamos nesse mercado há quase 30 anos e conhecemos as peculiaridades de cada região, em especial o Grande ABC, onde atuamos há mais de duas décadas”, diz o diretor da empresa Nelson Souza. “Não temos dúvidas de que a região está entre as com maior potencial de crescimento do Estado”, completa Souza, que também atua em cidades do interior, como Campinas e Sorocaba.

Segundo ele, o mercado de formaturas passa por um processo de grande transformação. “Para se diferenciar, as empresas têm ampliado os serviços, a fim de proporcionar ao formando todas as garantias possíveis. Afinal, o estudante tem mais com que se preocupar, além da formatura”, diz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Formaturas são uma mina de ouro

Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

06/11/2005 | 08:21


  

Em 2003, o vendedor Alexandre Mantuan, que trabalhava em uma empresa paulistana de festas de formaturas, decidiu abrir o próprio negócio, num lugar até então carente desse tipo de serviço: o Grande ABC. Descobriu uma mina de dinheiro.

Hoje, antes de comemorar o aniversário de dois anos de idade, Mantuan afirma que a empresa dele – a Formax Formaturas – detém cerca de 90% do mercado da região entre as agências de formatura com sede no Grande ABC, emprega 20 pessoas e projeta até final de 2006 multiplicar por dois os números atuais de faturamento, funcionários e clientes – que passam atualmente de 3 mil formandos por ano.

“Da noite para o dia, vi um mercado imenso e milionário cair no meu colo. Sempre digo aqui na empresa aos meus funcionários e parceiros que o sucesso só pode ter sido resultado de um verdadeiro milagre. Foi um tiro certeiro, sem dúvida”, define Mantuan, com sorriso no rosto.

Um cálculo simples dá uma noção melhor do “milagre” citado pelo empresário. O custo médio de uma festa de formatura por aluno é de R$ 1,7 mil, segundo a Abref (Associação Brasileira das Empresas de Formaturas). Multiplicado por 3 mil clientes, o faturamento bruto ultrapassa R$ 5 milhões anuais. Se a previsão de Mantuan, de dobrar a quantidade de clientes no ano que vem se concretizar, a empresa terá em conta corrente mais de R$ 10 milhões.

O rápido crescimento da Formax dá uma dimensão do mercado de formaturas no Grande ABC, que floresce na esteira da expansão da indústria da educação. O aumento do número de universidades, cursos e, por conseqüência, alunos em busca de um diploma, faz o segmento viver a melhor fase da história.

Na disputa pela preferência dos alunos, as empresas do setor partem para a ofensiva, e buscam os estudantes dentro das próprias universidades. A exemplo de outras empresas de formatura, a Formax promove shows e sorteios nos intervalos das aulas. Vale tudo para conquistar a simpatia de clientes em potencial.

Segundo a Abref, não existem números exatos para definir a atual realidade do setor na região. No entanto, a entidade garante que a rápida expansão do mercado começa a derrubar os preços dos principais serviços.

Estimativa da entidade aponta que nos últimos cinco anos o preço médio de uma festa de formatura caiu cerca de 50%, acompanhando o barateamento dos serviços terceirizados – o custo por aluno na Grande São Paulo varia hoje entre R$ 900 e R$ 3,5 mil, de acordo com o número de alunos por evento e perfil do curso.

  

Concorrência – Embora empresas especializadas em serviços de formaturas nascidas do Grande ABC sejam poucas, esse mercado já é explorado por empresas da capital há anos. É o caso da Dorana Forte Real Formaturas, do bairro paulistano de Pirituba. Em parceria com universidades da região – como Metodista, em São Bernardo, UniABC, de Santo André, e Imes, de São Caetano, entre outras – a empresa presta serviços que vão desde organização da festa a contratação de bandas, bufês e venda de álbuns de fotos.

“Estamos nesse mercado há quase 30 anos e conhecemos as peculiaridades de cada região, em especial o Grande ABC, onde atuamos há mais de duas décadas”, diz o diretor da empresa Nelson Souza. “Não temos dúvidas de que a região está entre as com maior potencial de crescimento do Estado”, completa Souza, que também atua em cidades do interior, como Campinas e Sorocaba.

Segundo ele, o mercado de formaturas passa por um processo de grande transformação. “Para se diferenciar, as empresas têm ampliado os serviços, a fim de proporcionar ao formando todas as garantias possíveis. Afinal, o estudante tem mais com que se preocupar, além da formatura”, diz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;