Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA poderão agir sozinhos para desarmar o Iraque


Do Diário OnLine
Com Agências

07/09/2002 | 12:46


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve comunicar às Nações Unidas, na próxima semana, que Washington atuará contra o Iraque apenas se a comunidade internacional não adotar medidas "contundentes e imediatas" contra o governo de Saddam Hussein. A informação foi publicada neste sábado pelo jornal The Washington Post.

A opinião dominante no governo norte-americano, segundo o jornal, é de que o tempo das inspeções da ONU sobre o caso terminou e que Hussein deve ser deposto à força. A expectativa é de que Bush transmita a mensagem durante seu discurso de 12 de setembro na Assembléia Geral das Nações Unidas em Nova York.

Entretanto, acrescenta o jornal, as autoridades da Casa Branca estariam certas de que trabalhar com as Nações Unidas, pelo menos no início, seria melhor e poderia facilitar uma decisão favorável a uma intervenção militar internacional contra Bagdá.

O governo de Bush afirma que somente com a derrocada de Saddam Hussein terminarão os riscos de que o Iraque use armas de destruição em massa em caso de uma guerra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA poderão agir sozinhos para desarmar o Iraque

Do Diário OnLine
Com Agências

07/09/2002 | 12:46


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve comunicar às Nações Unidas, na próxima semana, que Washington atuará contra o Iraque apenas se a comunidade internacional não adotar medidas "contundentes e imediatas" contra o governo de Saddam Hussein. A informação foi publicada neste sábado pelo jornal The Washington Post.

A opinião dominante no governo norte-americano, segundo o jornal, é de que o tempo das inspeções da ONU sobre o caso terminou e que Hussein deve ser deposto à força. A expectativa é de que Bush transmita a mensagem durante seu discurso de 12 de setembro na Assembléia Geral das Nações Unidas em Nova York.

Entretanto, acrescenta o jornal, as autoridades da Casa Branca estariam certas de que trabalhar com as Nações Unidas, pelo menos no início, seria melhor e poderia facilitar uma decisão favorável a uma intervenção militar internacional contra Bagdá.

O governo de Bush afirma que somente com a derrocada de Saddam Hussein terminarão os riscos de que o Iraque use armas de destruição em massa em caso de uma guerra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;