Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pelo menos sete pessoas morrem em 24h na Tailândia


Da AFP

04/11/2004 | 08:58


Pelo menos sete pessoas foram assassinadas no sul da Tailândia nas últimas 24h, dez dias depois da morte de 87 muçulmanos numa operação militar.

Segundo a polícia local, dois funcionários ferroviários e um policial foram assassinados a tiros na manhã desta quinta-feira. Quatro pessoas já haviam sido mortas na quarta-feira.

Uma pessoa morreu na província de maioria muçulmana de Yala e as outras seis foram mortas em Narathiwat, onde 87 muçulmanos morreram no dia 25 de outubro, sendo 78 deles asfixiados dentro de caminhões militares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pelo menos sete pessoas morrem em 24h na Tailândia

Da AFP

04/11/2004 | 08:58


Pelo menos sete pessoas foram assassinadas no sul da Tailândia nas últimas 24h, dez dias depois da morte de 87 muçulmanos numa operação militar.

Segundo a polícia local, dois funcionários ferroviários e um policial foram assassinados a tiros na manhã desta quinta-feira. Quatro pessoas já haviam sido mortas na quarta-feira.

Uma pessoa morreu na província de maioria muçulmana de Yala e as outras seis foram mortas em Narathiwat, onde 87 muçulmanos morreram no dia 25 de outubro, sendo 78 deles asfixiados dentro de caminhões militares.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;