Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara dá aval a proposta de emenda à lei orgânica para criação de PPP da água em Santo André

Acordo com iniciativa privada prevê aumentar produção de água potável


Caio dos Reis
Especial para o Diário

17/06/2015 | 06:49


A Câmara de Santo André deu aval ontem a projeto do Executivo de emenda à Lei Orgânica para mudar texto atrelado a PPPs (Parcerias Público-Privadas) na cidade. A medida abre espaço para o governo Carlos Grana (PT) firmar acordo com a iniciativa privada. A principal ação em vista pelo Paço é parceria para gestão da ETA (Estação de Tratamento de Água) no Parque do Pedroso, que visa aumentar a produção de água potável.

A estimativa da administração petista é inaugurar o equipamento no ano que vem. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) contratou consórcio para construir a unidade, a segunda neste modelo na cidade. A expectativa é que a nova estação eleve a capacidade de produção própria de abastecimento no município em 19%, passando de 6% para 25%. Atualmente, 94% da água são comprados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

O superintendente da autarquia, Sebastião Ney Vaz Júnior (PT), alegou que o próximo passo é a “criação de agência reguladora, adequando-se à lei federal número 11.445/2007”.
A execução da obra da ETA é financiada pela Caixa Econômica Federal por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), da União, no valor de R$ 75 milhões.

AGÊNCIA
Outro projeto prevê a criação de agência reguladora municipal para controlar a futura PPP da ETA do Pedroso e contratos com terceiros referentes a saneamento, distribuição de água, tratamento de esgoto e destinação e coleta de lixo. O texto do Paço deve ser votado nas próximas semanas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara dá aval a proposta de emenda à lei orgânica para criação de PPP da água em Santo André

Acordo com iniciativa privada prevê aumentar produção de água potável

Caio dos Reis
Especial para o Diário

17/06/2015 | 06:49


A Câmara de Santo André deu aval ontem a projeto do Executivo de emenda à Lei Orgânica para mudar texto atrelado a PPPs (Parcerias Público-Privadas) na cidade. A medida abre espaço para o governo Carlos Grana (PT) firmar acordo com a iniciativa privada. A principal ação em vista pelo Paço é parceria para gestão da ETA (Estação de Tratamento de Água) no Parque do Pedroso, que visa aumentar a produção de água potável.

A estimativa da administração petista é inaugurar o equipamento no ano que vem. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) contratou consórcio para construir a unidade, a segunda neste modelo na cidade. A expectativa é que a nova estação eleve a capacidade de produção própria de abastecimento no município em 19%, passando de 6% para 25%. Atualmente, 94% da água são comprados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

O superintendente da autarquia, Sebastião Ney Vaz Júnior (PT), alegou que o próximo passo é a “criação de agência reguladora, adequando-se à lei federal número 11.445/2007”.
A execução da obra da ETA é financiada pela Caixa Econômica Federal por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), da União, no valor de R$ 75 milhões.

AGÊNCIA
Outro projeto prevê a criação de agência reguladora municipal para controlar a futura PPP da ETA do Pedroso e contratos com terceiros referentes a saneamento, distribuição de água, tratamento de esgoto e destinação e coleta de lixo. O texto do Paço deve ser votado nas próximas semanas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;