Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prazo termina, mas escola no
Zaíra continua sem alarmes

Secretaria Estadual de Educação tinha prometido instalar o
equipamento até ontem; local foi invadido 4 vezes neste ano


Angela Martins
Do Diário do Grande ABC

19/11/2011 | 07:00


O prazo de 15 dias dado pela Secretaria Estadual de Educação para a instalação de sistema de alarme na Escola Estadual Jardm Zaíra 8, em Mauá, acabou ontem, mas nada de equipamento. A unidade foi alvo de roubo e vandalismo quatro vezes somente neste ano. O último ataque ocorreu na madrugada do dia 3.

Foram levados computadores, aparelhos eletrônicos e o micro-ondas da cozinha. O grupo aproveitou para praticar atos de vandalismo, arrombando portas das salas de aula, pichando as paredes, urinando nas carteiras e violando os alimentos que seriam preparados na merenda. A suspeita é de que alunos com mau comportamento e pessoas da própria comunidade estejam praticando os atos de violência.

A secretaria estadual havia informado que tomaria providências para a reposição e o reparo dos materiais furtados e danificados. Foi prometida a instalação de alarmes em prazo de 15 dias e câmeras de segurança em até 120 dias. Também foi solicitado que o policiamento fosse reforçado no entorno.

"Ainda não temos alarme ou qualquer sistema de segurança. Tudo o que foi levado pelos bandidos não foi reposto. Nem mesmo as torneiras, que foram arrancadas, e as fechaduras das portas arrombadas foram consertadas", declara a professora de Artes Edileusa Ramos de Matos.

Apesar dos problemas, o clima na escola é mais tranquilo. "Depois do último roubo, parece que as coisas ficaram mais calmas. No entanto, estamos à mercê de novo assalto, já que nada mudou efetivamente", conclui a docente. O aluno Elvis Barros, 16 anos, que estuda no 2º ano do Ensino Médio, concorda que a violência deu trégua. "A Ronda Escolar tem passado mais vezes. Mesmo assim, dois dias depois do último assalto, tentaram invadir de novo, mas a polícia conseguiu chegar a tempo."

De acordo com o soldado da Polícia Militar Dimitri Pasotto, que fazia a ronda escolar anteontem, a ordem é intensificar as rondas no entorno da EE Zaíra 8. "Passamos de duas a três vezes em cada período de aulas. Durante a madrugada, uma patrulha convencional também passa constantemente pela área."

PROMESSA

A Secretaria de Educação do Estado esclarece que os serviços referentes à execução de grades de proteção, portas de ferro e demais caixilharias para instalação na escola já foram iniciados. Os materiais já estão sendo confeccionados pela empresa contratada, o que deve estar concluído em alguns dias, para posterior instalação.

A empresa ainda deve começar, a partir de hoje, outros serviços, como a reforma dos sanitários e revisão das instalações elétricas. A Pasta informa que está em fase de orçamento o serviço de instalação emergencial dos alarmes na unidade. Também já foi iniciada a reposição dos computadores, primeiramente os da área administrativa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;