Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras goleia América-MG e fica a dois pontos do décimo título

Se Flamengo bater o Cruzeiro, deca alviverde dependerá de vitória sobre o Vasco, domingo


Dérek Bittencourt

22/11/2018 | 00:57


O Palmeiras ficou ainda mais próximo de gritar ‘é campeão’. Nesta quarta-feira à noite, no Allianz Parque lotado, o time aplicou 4 a 0 no América-MG e – para não depender de ninguém – precisa de mais dois pontos para conquistar o décimo título brasileiro. Isso porque o Verdão chegou aos 74 pontos na classificação, contra 69 do Flamengo, que bateu o Grêmio por 2 a 0 e é o único concorrente ainda vivo na disputa pelo troféu.

No domingo, os palmeirenses visitam o Vasco, no Rio, enquanto os flamenguistas vão a Minas Gerais encarar o Cruzeiro. Derrota ou empate do Rubro-Negro automaticamente dá o título ao Alviverde. Porém, se o Flamengo vencer, o Palmeiras tem de triunfar sobre o Vasco para confirmar a taça.

Depois de um primeiro tempo no qual o Verdão martelou bastante e só ficou no quase – Borja perdeu duas oportunidades incríveis e acabou sacado no intervalo, dando lugar a Deyverson – a segunda etapa começou em ritmo acelerado. E foi justamente Deyverson quem, aos 30 segundos, balançou as redes, mas a arbitragem invalidou por impedimento.

O Palmeiras seguiu em cima do Coelho, criando oportunidades – terminou a partida com 22 finalizações, contra nenhuma do adversário –, e o gol saiu aos 13: Lucas Lima cruzou, Messias tentou cortar, a bola bateu em Luan e entrou: 1 a 0.

O gol inflamou o Allianz Parque, que simultaneamente torcia por um empate do Grêmio. Mas se os gaúchos não conseguiram, Willian, Dudu e Deyverson balançaram as redes mais três vezes e definiram a goleada alviverde.

Jogadores afastam oba-oba e pedem seriedade nas duas últimas rodadas

A ordem no Palmeiras é manter os pés no chão. Mesmo após a goleada por 4 a 0 sobre o América-MG e a proximidade do título, os atletas rechaçaram o clima de já ganhou.

“Acho que ficamos mais perto ainda. Temos dois jogos para fazer quatro pontos (para não depender de ninguém). Temos que descansar, esquecer um pouco a ansiedade. Domingo tem um jogo muito difícil, a gente precisa somar”, disse Dudu. “O que a gente mais conversou foi procurar um ponto de equilíbrio. Estamos perto de ser campeões, normal vir a euforia do torcedor, mas nós estamos dentro de campo e temos que ter o equilíbrio mental nas jogadas. Acho que a gente fez nossa parte, demos mais um passo. Agora é continuar trabalhando”, destacou Willian.DB
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;