Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Goleiro russo morre depois de ficar 11 dias em coma


Do Diário OnLine

28/08/2001 | 10:13


O goleiro Serguei Perkun, do CSKA Moscou, morreu esta terça-feira depois de dez dias consecutivos em coma devido a uma forte pancada na cabeça durante uma partida do campeonato russo de futebol, no último dia 18, informou a agência russa Interfax.

Perkun, 23 anos, caiu quando faltavam 15 minutos para o final da partida, ao se chocar com Budun Budunov, atacante do Majachkala, sendo levado rapidamente para a unidade de tratamento intensivo de um hospital local, na República de Daguestão, no Sul do país.

Os médicos informaram então que o goleiro tinha sofrido uma comoção cerebral e um possível edema no cérebro. Apesar da morte clínica constatada, os médicos continuaram seus esforços para tentar salvar o jogador.

Perkun foi transferido para o hospital militar central de Moscou na semana passada, pois seu estado de saúde era crítico, mas estável.

A assessoria de imprensa do CSKA Moscou precisou que Perkun será enterrado em sua cidade natal, Dniepropetrovsk (Ucrânia).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Goleiro russo morre depois de ficar 11 dias em coma

Do Diário OnLine

28/08/2001 | 10:13


O goleiro Serguei Perkun, do CSKA Moscou, morreu esta terça-feira depois de dez dias consecutivos em coma devido a uma forte pancada na cabeça durante uma partida do campeonato russo de futebol, no último dia 18, informou a agência russa Interfax.

Perkun, 23 anos, caiu quando faltavam 15 minutos para o final da partida, ao se chocar com Budun Budunov, atacante do Majachkala, sendo levado rapidamente para a unidade de tratamento intensivo de um hospital local, na República de Daguestão, no Sul do país.

Os médicos informaram então que o goleiro tinha sofrido uma comoção cerebral e um possível edema no cérebro. Apesar da morte clínica constatada, os médicos continuaram seus esforços para tentar salvar o jogador.

Perkun foi transferido para o hospital militar central de Moscou na semana passada, pois seu estado de saúde era crítico, mas estável.

A assessoria de imprensa do CSKA Moscou precisou que Perkun será enterrado em sua cidade natal, Dniepropetrovsk (Ucrânia).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;