Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Raçudo, Azulão quer se superar diante do Ituano


Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

31/07/2007 | 07:05


Raça e superação. Esses foram os pedidos do técnico Paulo Comelli aos jogadores do São Caetano para a partida desta terça-feira, às 20h30, contra o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

O treinador, que ainda não conseguiu uma seqüência de pelo menos duas vitórias desde a sua chegada ao Azulão, há seis rodadas, pede ao time que jogue com mais garra para deixar a incômoda 12ª colocação na tabela do Brasileiro da Série B e se afastar, definitivamente, da zona de rebaixamento.

“Está difícil manter uma base. Sempre temos problemas de contusão ou suspensão e isso não nos permite repetir a escalação em dois jogos consecutivos. Por isso, temos de ter mais pegada e jogar com garra”, afirmou.

A queixa de Comelli é a mesma de seu antecessor, Jair Picerni. “O time tem de entrar no clima da segunda divisão, que é de mais pegada. O São Caetano estava na Série A, mas agora a situação é diferente e precisamos nos adaptar”, disse.

Nesta terça-feira, o treinador não poderá contar com o goleiro Luiz e o zagueiro Kléber, suspensos, que devem ser substituídos por Juninho e Neto, respectivamente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Raçudo, Azulão quer se superar diante do Ituano

Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

31/07/2007 | 07:05


Raça e superação. Esses foram os pedidos do técnico Paulo Comelli aos jogadores do São Caetano para a partida desta terça-feira, às 20h30, contra o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

O treinador, que ainda não conseguiu uma seqüência de pelo menos duas vitórias desde a sua chegada ao Azulão, há seis rodadas, pede ao time que jogue com mais garra para deixar a incômoda 12ª colocação na tabela do Brasileiro da Série B e se afastar, definitivamente, da zona de rebaixamento.

“Está difícil manter uma base. Sempre temos problemas de contusão ou suspensão e isso não nos permite repetir a escalação em dois jogos consecutivos. Por isso, temos de ter mais pegada e jogar com garra”, afirmou.

A queixa de Comelli é a mesma de seu antecessor, Jair Picerni. “O time tem de entrar no clima da segunda divisão, que é de mais pegada. O São Caetano estava na Série A, mas agora a situação é diferente e precisamos nos adaptar”, disse.

Nesta terça-feira, o treinador não poderá contar com o goleiro Luiz e o zagueiro Kléber, suspensos, que devem ser substituídos por Juninho e Neto, respectivamente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;