Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

PF prende suspeitos por golpe de quase R$ 600 milhões


Do Diário OnLine
Com Agências

15/02/2005 | 15:37


A Polícia Federal realiza nesta terça-feira uma operação que tenta desmantelar um esquema de fraudes milionárias contra empresas estatais. De acordo com informações iniciais, em apenas um dos golpes os criminosos levaram quase R$ 600 milhões dos cofres públicos.

As fraudes eram praticadas contra a Petrobras, Eletrobrás e o Banco do Brasil. Os estelionatários fraudavam documentos para resgatar títulos da dívida pública das três empresas.

Os agentes cumprem 14 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão preventiva em Curitiba e no Recife. Na capital do Paraná, os policiais prenderam o presidente da subseção de Curitiba e Região Metropolitana da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Michel Saliba Oliveira.

Também foram detidos os advogados José Lavana e Silvio Carlos Cavagnoli e o técnico em informática João Marciano Odppis. A investigação começou em 2003.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PF prende suspeitos por golpe de quase R$ 600 milhões

Do Diário OnLine
Com Agências

15/02/2005 | 15:37


A Polícia Federal realiza nesta terça-feira uma operação que tenta desmantelar um esquema de fraudes milionárias contra empresas estatais. De acordo com informações iniciais, em apenas um dos golpes os criminosos levaram quase R$ 600 milhões dos cofres públicos.

As fraudes eram praticadas contra a Petrobras, Eletrobrás e o Banco do Brasil. Os estelionatários fraudavam documentos para resgatar títulos da dívida pública das três empresas.

Os agentes cumprem 14 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão preventiva em Curitiba e no Recife. Na capital do Paraná, os policiais prenderam o presidente da subseção de Curitiba e Região Metropolitana da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Michel Saliba Oliveira.

Também foram detidos os advogados José Lavana e Silvio Carlos Cavagnoli e o técnico em informática João Marciano Odppis. A investigação começou em 2003.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;