Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Leishmaniose avança no Mato Grosso do Sul


Do Diário do Grande ABC

12/11/2000 | 18:52


A secretaria estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul vai desenvolver uma operaçao emergencial para conter o avanço da Leishmaniose no estado.

Para a próxima terça-feira, já está marcada uma reuniao com os prefeitos e secretários municipais de saúde dos municípios com maior incidência da doença. Este ano já foram registrados 254 casos de Leishmaniose Tegumentar e 67 casos de leishmaniose Visceral. Até o mês de setembro houve três óbitos.

No ano passado, 30 pessoas em Mato Grosso do Sul apresentaram a doença e oito morreram. A transmissao ocorre através da picada do inseto flebótomo Lutzomia Cruzi( conhecido como mosquito palha), que após picar um cachorro infectado, atinge o homem.

Caso nao seja diagnosticada e tratada corretamente, pode levar à morte. Segundo o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, a maior preocupaçao do governo é com a rápida disseminaçao da doença que até recentemente estava restrita à regiao de Corumbá e Ladário.

As informaçoes sao da Agência Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;