Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Taxistas e motoristas deficientes poderão trocar de carro mais cedo


Da Agência Brasil

10/01/2006 | 21:44


Taxistas e motoristas portadores de deficiência poderão trocar de carro mais cedo. O Diário Oficial da União publicou nesta segunda-feira as Instruções Normativas 606 e 607, que diminuem de três para dois anos o prazo para troca de veículo com isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

As novas regras fazem parte da antiga MP do Bem, que foi transformada em lei no final do ano passado. O taxista ou portador de deficiência que comprou o veículo há mais de dois anos também pode ser beneficiado pelas mudanças. Segundo a presidente do Sindicato dos Taxistas do Distrito Federal, Maria do Bonfim Pereira, com o benefício, os taxistas poderão oferecer um serviço de maior qualidade para a população.

"A medida vai facilitar muito a vida do motorista de táxi, que tem o objetivo de trocar seu carro com mais agilidade, ou seja, ter carro mais novo para oferecer um serviço de boa qualidade para os usuários que utilizam o serviço", afirmou Maria do Bonfim. Ela estima que, com a isenção do IPI, os motoristas de táxi chegam a obter descontos de 7% a 22% na hora de comprar o veículo, uma economia de cerca de R$ 7 mil, dependendo do modelo do carro.

Já a chefe da Coordenadoria Geral do Deficiente Físico, Isabel Maior, lembra que, muitas vezes, a pessoa portadora de deficiência se vê em situações difíceis com carros antigos, que freqüentemente dão problemas na estrada. Isabel acredita que, com a medida, o problema vai diminuir.

Podem pedir a isenção do IPI os portadores de deficiência física, visual, pessoas responsáveis por doentes mentais ou autistas, e motoristas de táxi que sejam proprietários de apenas um veículo. O regulamento completo está disponível no site www.receita.fazenda.gov.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Taxistas e motoristas deficientes poderão trocar de carro mais cedo

Da Agência Brasil

10/01/2006 | 21:44


Taxistas e motoristas portadores de deficiência poderão trocar de carro mais cedo. O Diário Oficial da União publicou nesta segunda-feira as Instruções Normativas 606 e 607, que diminuem de três para dois anos o prazo para troca de veículo com isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

As novas regras fazem parte da antiga MP do Bem, que foi transformada em lei no final do ano passado. O taxista ou portador de deficiência que comprou o veículo há mais de dois anos também pode ser beneficiado pelas mudanças. Segundo a presidente do Sindicato dos Taxistas do Distrito Federal, Maria do Bonfim Pereira, com o benefício, os taxistas poderão oferecer um serviço de maior qualidade para a população.

"A medida vai facilitar muito a vida do motorista de táxi, que tem o objetivo de trocar seu carro com mais agilidade, ou seja, ter carro mais novo para oferecer um serviço de boa qualidade para os usuários que utilizam o serviço", afirmou Maria do Bonfim. Ela estima que, com a isenção do IPI, os motoristas de táxi chegam a obter descontos de 7% a 22% na hora de comprar o veículo, uma economia de cerca de R$ 7 mil, dependendo do modelo do carro.

Já a chefe da Coordenadoria Geral do Deficiente Físico, Isabel Maior, lembra que, muitas vezes, a pessoa portadora de deficiência se vê em situações difíceis com carros antigos, que freqüentemente dão problemas na estrada. Isabel acredita que, com a medida, o problema vai diminuir.

Podem pedir a isenção do IPI os portadores de deficiência física, visual, pessoas responsáveis por doentes mentais ou autistas, e motoristas de táxi que sejam proprietários de apenas um veículo. O regulamento completo está disponível no site www.receita.fazenda.gov.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;