Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Schumacher processa sósia


Do Diário do Grande ABC

05/11/2000 | 17:48


O campeao mundial de Fórmula-1, Michael Schumacher, nao gostou nada de ver um sujeito parecido com ele em comerciais da TV da Alemanha vestindo o macacao vermelho da Ferrari. Furioso, o piloto alemao entrou na Justiça contra Frank Sassen, 32 anos, que abandonou seu emprego de vendedor de alimentos para cavalos para se transformar em 'sósia oficial' de Schummy.

Vencedor nas pistas, Schumacher nao se deu bem na Justiça. O Tribunal de Stuttgart se negou a conceder o direito à uma indenizaçao milionária ao piloto e a proibir Sassen de imitá-lo. O juiz determinou apenas que o sósia nao faça publicidade tendenciosa e de caráter lucrativo. Segundo a Gazeta Esportiva, o ex-vendedor preferiu a via diplomática ao sair do tribunal. "Nao fiz nada de mal a ele (Schumacher) e o respeito muito".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Schumacher processa sósia

Do Diário do Grande ABC

05/11/2000 | 17:48


O campeao mundial de Fórmula-1, Michael Schumacher, nao gostou nada de ver um sujeito parecido com ele em comerciais da TV da Alemanha vestindo o macacao vermelho da Ferrari. Furioso, o piloto alemao entrou na Justiça contra Frank Sassen, 32 anos, que abandonou seu emprego de vendedor de alimentos para cavalos para se transformar em 'sósia oficial' de Schummy.

Vencedor nas pistas, Schumacher nao se deu bem na Justiça. O Tribunal de Stuttgart se negou a conceder o direito à uma indenizaçao milionária ao piloto e a proibir Sassen de imitá-lo. O juiz determinou apenas que o sósia nao faça publicidade tendenciosa e de caráter lucrativo. Segundo a Gazeta Esportiva, o ex-vendedor preferiu a via diplomática ao sair do tribunal. "Nao fiz nada de mal a ele (Schumacher) e o respeito muito".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;