Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Paulo Serra cita apoio a quatro candidaturas

Tucano mencionou adesão política a Sardano, Ailton, Cicote e Minhoca, mas evita atrelar governo


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

07/06/2018 | 07:00


A quatro meses do pleito de outubro, o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), defendeu o valor de se eleger representantes da cidade e afunilou apoio político a quatro pré-candidaturas de aliados a deputado. O tucano restringiu nominalmente adesão ao vereador Edson Sardano (PTB) e Ailton Lima (PSD), ambos postulantes a federal na empreitada e ex-integrantes do alto do governo, além dos parlamentares Almir Cicote (Avante, presidente da Câmara) e Professor Minhoca (PSDB), pleiteantes à vaga de estadual.

“As pré-candidaturas que representam o projeto que a gente acredita para a cidade e estão colocadas, como a do Cicote, Minhoca, Sardano e Ailton, que têm sintonia e identidade com o projeto escolhido pela população em 2016, são importantes e receberão o nosso apoio”, alegou o tucano, sem mencionar como se dará a adesão. “É importante para Santo André ter braços tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara Federal, a representatividade da cidade aumenta dentro dessa sintonia e de proposta de reconstrução (do município), sendo neste sentido que iremos trabalhar”, emendou o prefeito, que até então evitava falar sobre suporte no processo eleitoral.

Paulo Serra ponderou que a cúpula do governo “não mistura gestão com questão política”. “Nosso foco é na gestão e consolidação dos projetos escolhidos no plano de governo, porém, é claro que essa parte política nos fortalece, é importante participar do processo, a cidade tem possibilidade de ter representantes para fortalecer ainda mais o nosso projeto”, alegou, ao acrescentar que não há qualquer deliberação para funcionários deixarem o Paço visando ajudar na campanha de aliados.

O tucano pontuou ainda que Santo André tem potencial para eleger bancada forte de deputados ligados à cidade – possui cerca de 570 mil eleitores aptos. A eleição de 2002 foi a última que registrou maior números de representantes do município, com quatro nomes: Professor Luizinho (PT), Vanderlei Siraque (PT), José Dilson e José Bittencourt. Atualmente, tem apenas o deputado estadual Luiz Turco (PT) como representante – eleito em 2014, na esteira do apoio do ex-prefeito Carlos Grana (PT). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paulo Serra cita apoio a quatro candidaturas

Tucano mencionou adesão política a Sardano, Ailton, Cicote e Minhoca, mas evita atrelar governo

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

07/06/2018 | 07:00


A quatro meses do pleito de outubro, o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), defendeu o valor de se eleger representantes da cidade e afunilou apoio político a quatro pré-candidaturas de aliados a deputado. O tucano restringiu nominalmente adesão ao vereador Edson Sardano (PTB) e Ailton Lima (PSD), ambos postulantes a federal na empreitada e ex-integrantes do alto do governo, além dos parlamentares Almir Cicote (Avante, presidente da Câmara) e Professor Minhoca (PSDB), pleiteantes à vaga de estadual.

“As pré-candidaturas que representam o projeto que a gente acredita para a cidade e estão colocadas, como a do Cicote, Minhoca, Sardano e Ailton, que têm sintonia e identidade com o projeto escolhido pela população em 2016, são importantes e receberão o nosso apoio”, alegou o tucano, sem mencionar como se dará a adesão. “É importante para Santo André ter braços tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara Federal, a representatividade da cidade aumenta dentro dessa sintonia e de proposta de reconstrução (do município), sendo neste sentido que iremos trabalhar”, emendou o prefeito, que até então evitava falar sobre suporte no processo eleitoral.

Paulo Serra ponderou que a cúpula do governo “não mistura gestão com questão política”. “Nosso foco é na gestão e consolidação dos projetos escolhidos no plano de governo, porém, é claro que essa parte política nos fortalece, é importante participar do processo, a cidade tem possibilidade de ter representantes para fortalecer ainda mais o nosso projeto”, alegou, ao acrescentar que não há qualquer deliberação para funcionários deixarem o Paço visando ajudar na campanha de aliados.

O tucano pontuou ainda que Santo André tem potencial para eleger bancada forte de deputados ligados à cidade – possui cerca de 570 mil eleitores aptos. A eleição de 2002 foi a última que registrou maior números de representantes do município, com quatro nomes: Professor Luizinho (PT), Vanderlei Siraque (PT), José Dilson e José Bittencourt. Atualmente, tem apenas o deputado estadual Luiz Turco (PT) como representante – eleito em 2014, na esteira do apoio do ex-prefeito Carlos Grana (PT). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;