Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Moto com ABS: versão ou opcional?


Wagner Oliveira
Do Diário do Grande ABC

18/11/2009 | 07:00


O lançamento da CBR 300R ABS criou uma confusão para o seguro de motos - que já é dos mais caros e difíceis de se fazer no Brasil. Em razão de um desentendimento entre a Honda e a Fipe, consumidores podem ter dificuldades no instante de contratar o serviço.

Enquanto a Honda entende que CBR 300R ABS é um novo modelo, para a Fipe (Fundação Instituto Pesquisas Econômicas) trata-se apenas de um item opcional -sem a necessidade de uma cotação específica. A tabela da Fipe é uma referência para o mercado de seguros.

O desentendimento criou problemas para a hoteleira Noeli Breda do Prado, de 22 anos, que teve de trocar de seguradora porque a Mapfre não quis fazer o contrato enquanto a Fipe não divulgasse tabela com o valor do modelo.

"A Fipe não vai abrir uma exceção para a Honda, senão a nossa tabela iria ficar imensa", afirma Eduardo Lima, supervisor de campo da Fipe. "Só a BMW, por exemplo, tem três versões de freios ABS. Não dá para criar uma cotação para cada uma delas", diz.

Neste caso, a Fipe entende que a cotação deve ser feita pela média. A Honda segere preço público ao consumidor de R$ 11.490 pela CBR 300R. Para a CBR 300R ABS, o preço sugerido é de R$ 13.999.

A assessoria de imprensa da Honda afirmou que a montadora entende a versão como um novo modelo. Com isso, a CBR com ABS mereceria cotação específica, mas reconhece que não é competência do fabricante dizer ao mercado como proceder.

"Por que o consumidor é que sempre tem de ficar com o narizinho vermelho e se sujeitar a estas situações?", questiona o jornalista José Luiz do Prado, que acompanhou a dificudade da filha hoteleira, moradora de São Bernardo, para contratar o seguro.

O diretor da FenSeg (Federação Nacional das Seguradoras), Luiz Alberto Pomarole, entende que, em casos como da consumidora do Gande ABC, o correto é o seguro pela média. Para incluir o equiopamento e chegar ao preço aproximado do veículo, as seguradoras usam uma taxa de ajustamento, que varia entre 5% e 10% sobre o preço final do veículo.

"Com este ajustamento, estaria resolvido o problema", afirma o diretor da Mapfre Mauricio Galean. Para ele, o profissional da empresa consultado pela consumidora não teve a correta orientação para resolver o problema. "O mercado já prevê essa compensação", diz Galean.

Seguradoras fogem das 2 rodas

Nas grandes cidades brasileiras, 90% das seguradoras não fazem seguro para motos, principalmente para as que têm uso comercial: motoboys, entregadores de pizzas, cobradores, entre outros. As 10% das empresas que fazem seguro limitam-se a firmar contratos para proprietários que usam as motocicletas entre a casa e o trabalho e para atividades de lazer . "Neste caso, o valor do seguro é baseado no perfil do proprietário", afirmou Luiz Alberto Pomarole, diretor da FenSeg (Federação Nacional das Seguradoras). "As motos esportivas têm seguro bem mais caro porque é grande o risco de queda",diz. "Já para motos custom, que desenvolvem menor velocidade e têm condução mais tranquila, o preço é mais suave."

Segundo Pomarole, a grande exposição das motos pequenas nas metrópoles aumenta muito o risco de furto e roubo, pela facilidade de criminosos transportarem, desmontarem e revenderem o veículo.

"Mas em cidades do interior, onde a moto de pequeno porte é mais um estilo de vida do que uma ferramenta para o trabalho, as empresas de seguro não recusam contratos", diz Pomarole. O valor também é baseado no perfil do cliente.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;