Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Em redações, alunos questionam a sociedade devido à crise hídrica


Nelson Donato
Especial para o Diário do Grande ABC

24/08/2016 | 07:00


O Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário, quem tem como tema Água Não Nasce na Torneira, está em sua reta final. Ontem, as provas continuaram em Diadema e Mauá, e mais uma vez os estudantes mostraram que estão atentos aos problemas derivados da crise hídrica. Em seus textos, os jovens questionam o papel da sociedade na reversão do quadro.

Testemunha do desperdício, o aluno Jesus Ariel Alves Rodrigues, 14 anos, que estuda na EE Pedro Madoglio, no Jardim Inamar, em Diadema, lamenta a falta de conscientização. “No condomínio em que moro, vejo poucas ações para economizar a água. Ontem (segunda-feira) árvore caiu na garagem e tudo ficou muito sujo. Mas decidiram usar a mangueira para lavar. A caixa-d’água ficou quebrada muito tempo, assim como o relógio hidráulico. É uma pena.”

Por presenciar estes fatos, o estudante decidiu redigir artigo para cobrar a população. “Ao analisar a crise hídrica, vemos que somos culpados pela situação ter se agravado desta maneira. Fiz muitas perguntas, questionei o porquê de não economizarmos. Precisamos discutir este tema seriamente. É muito importante mudar o pensamento, pois esse assunto tem de ter a atenção necessária constantemente.”

O Desafio de Redação conta com o apoio da Ecovias, Shopping Golden Square e Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em redações, alunos questionam a sociedade devido à crise hídrica

Nelson Donato
Especial para o Diário do Grande ABC

24/08/2016 | 07:00


O Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário, quem tem como tema Água Não Nasce na Torneira, está em sua reta final. Ontem, as provas continuaram em Diadema e Mauá, e mais uma vez os estudantes mostraram que estão atentos aos problemas derivados da crise hídrica. Em seus textos, os jovens questionam o papel da sociedade na reversão do quadro.

Testemunha do desperdício, o aluno Jesus Ariel Alves Rodrigues, 14 anos, que estuda na EE Pedro Madoglio, no Jardim Inamar, em Diadema, lamenta a falta de conscientização. “No condomínio em que moro, vejo poucas ações para economizar a água. Ontem (segunda-feira) árvore caiu na garagem e tudo ficou muito sujo. Mas decidiram usar a mangueira para lavar. A caixa-d’água ficou quebrada muito tempo, assim como o relógio hidráulico. É uma pena.”

Por presenciar estes fatos, o estudante decidiu redigir artigo para cobrar a população. “Ao analisar a crise hídrica, vemos que somos culpados pela situação ter se agravado desta maneira. Fiz muitas perguntas, questionei o porquê de não economizarmos. Precisamos discutir este tema seriamente. É muito importante mudar o pensamento, pois esse assunto tem de ter a atenção necessária constantemente.”

O Desafio de Redação conta com o apoio da Ecovias, Shopping Golden Square e Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;