Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Capacitação: região terá 1.642 vagas de emprego

Programa estadual deve qualificar até 2.520 desempregados do Grande ABC neste ano


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

24/06/2008 | 07:01


A Secretaria de Emprego e Relações de Trabalho do Estado de São Paulo lançou ontem o Programa Estadual de Qualificação Profissional, que implantará no Grande ABC cursos de capacitação para seis cidades, com 1.642 vagas, a partir de julho.

O programa é uma conseqüência da Caravana do Trabalho, um projeto realizado no ano passado pela secretaria, que fez um mapeamento das necessidades profissionais em todo o Estado. Até 2010, o objetivo é capacitar 180 mil desempregados entre 35 e 59 anos e com baixo nível de escolaridade.

No Grande ABC, a demanda para este ano é de profissionalização 2.520 pessoas, ou seja, 8,07% das 31 mil oportunidades que serão abertas no Estado.

Segundo o secretário Guilherme Afif Domingos, o custo do programa é de R$ 40 milhões nessa primeira etapa. "O início tem um custo mais elevado por conta do material didático e outros detalhes, mas a média é de R$ 30 milhões para cada 30 mil vagas", afirmou.

Domingos conta que os recursos para o programa derivam do orçamento estadual, sem aporte do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), administrado pelo governo federal. "Os critérios do FAT são diferentes e não servem para custear o curso. A hora/aula do projeto (por volta de R$ 5) é mais cara do que o valor coberto pelo FAT. O que estamos prezando é qualidade e não quantidade."

Estrutura - Os cursos na região contarão com a parceria de instituições como Centro Paula Souza, Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

Como essa estrutura educacional era determinante para que a cidade recebesse o programa, a única excluída da região é Rio Grande da Serra, mesmo tendo um PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador).

A duração dos cursos é de 200 horas aulas. As disciplinas partem do reforço no ensino fundamental até orientações sobre como prospectar uma oportunidade no mercado de trabalho. O material didático é formado por livros, DVDs e conteúdo disponível na internet.

As inscrições são por tempo indeterminado e pode ser feitas nos PATs da cidade - São Bernardo, São Caetano, Mauá e Rio Grande da Serra concentram os postos na região - ou do município mais próximo. "Essas pessoas serão identificadas quando derem entrada no seguro-desemprego, por exemplo, e serão convidadas participar de um curso de qualificação", disse o secretário.

Associações - Para as associações comerciais e industriais da região. os cursos oferecidos são válidos, mas o número de vagas ainda é pequeno diante das necessidades da região.

"O programa beneficia a economia da cidade e abre oportunidade para quem está excluído, mas o número de vagas é tímido e espero que cresça durante o projeto", comentou Antonio Celso Ruiz, presidente da Ace Diadema (Associação Comercial e Empresarial).

O presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo), Valter Moura, e da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André), Zoilo da Souza Assis, apóiam o programa. "O projeto dará condições de empregabilidade para os desempregados", afirmou Moura.

Em Mauá, a associação empresarial da cidade também endossa o programa, mas avalia que faltou um curso que ofereça qualificação para o ramo comercial e também o alimentício.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;