Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Conta de luz: 4 dicas para economizar energia com a iluminação da casa

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do 33Giga

01/09/2021 | 18:48


Começou a valer neste mês a bandeira tarifária vermelha patamar 2 nas contas de luz, considerada a mais cara das tarifas extras. Durante esse período em que as pessoas passam mais tempo em casa, o ideal é usar a energia de forma eficiente e evitar desperdícios.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

O que poucos sabem é que existem formas de gastar menos energia com a iluminação e evitar a a bandeira tarifária vermelha patamar 2. Pensando nisso, 33Giga e Kirla Vieira, coordenadora de mercado de iluminação da Telhanorte, selecionaram quatro dicas práticas para reduzir o consumo de energia elétrica.

Leia mais:
Canal no YouTube publica filmes clássicos em domínio público
Mubi: conheça o serviço de streaming focado em filmes clássicos

Escolha o tipo de lâmpada mais econômica

Para tentar minimizar o problema da bandeira tarifária vermelha patamar 2, opte por trocar as lâmpadas comuns por fluorescentes ou LED, que consomem de 60% a 80% menos energia. As incandescentes têm como característica converter a energia em luz e calor.

Em números, 95% da energia transforma-se em calor e apenas 5% em luz. Por outro lado, as lâmpadas fluorescentes e de LED têm uma eficiência luminosa maior, vida útil mais longa e redução do consumo de energia, uma vez que não geram calor.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para  e suas questões podem ser respondidas

Aposte em iluminação portátil e sensorial

Utilizar luminárias e abajures é alternativa que evita manter as luzes da casa todas acesas. “Estas soluções podem ser utilizadas como pontual em ambientes integrados, por exemplo”, diz Kirla. “Nos corredores ou nas escadas, onde há uma rápida circulação de pessoas, é possível instalar sensores de presença embutidos.”

Utilize cores claras

Quanto mais clara for a cor das paredes e tetos, menos iluminação elétrica será utilizada. Afinal, tons como branco, off-white e nude tendem a refletir melhor a luminosidade, seja artificial ou natural.

Aproveite a iluminação natural

Nada como a luz do dia para clarear os ambientes – e tentar minimizar os problemas da bandeira tarifária vermelha patamar 2. “Portanto, a dica é manter as janelas e cortinas abertas para diminuir o uso das lâmpadas, minimizando os futuros gastos”, finaliza Kirla.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;