Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A certidão de nascimento do município de Diadema


Ademir Médici

10/12/2018 | 07:00


Na Avenida Antonio Piranga havia árvores, muitas árvores; na Praça Conceição, uma fonte; acreditem! A antiga Escola Mista da Vila Conceição não tinha muros – e nada de ruim acontecia.

Estamos no ano de 1958 no Centro de Diadema. Os autonomistas do então distrito tiram fotos para compor o processo de emancipação na Assembleia Legislativa, que reúne o projeto de resolução número 104, de 1958, arquivado sob o número 35.336.

Sessenta anos depois, a matriz foi substituída por uma igreja maior; no lugar das árvores da Antonio Piranga passam as canaletas do sistema trólebus, que interligam Jabaquara ao Grande ABC; a Praça Conceição, ampliada, chama-se Castelo Branco. É linda, florida. Dá impressão que todas as árvores da rua foram para lá transferidas. E a cidade luta para a preservação deste verde – apesar de um projeto contrário. E a velha escola, toda murada, depois de se chamar João Ramalho, hoje leva a denominação de Professor Francisco Daniel Trivinho.

Os dois moços da foto descobriram o processo na Alesp, historiador Walter Adão Carreiro e repórter-fotográfico Valdir Lopes. Todo o processo foi reproduzido. As fotos também. E o Centro de Memória de Diadema ficou mais rico com esta verdadeira certidão de nascimento do município de Diadema, a cidade que aniversaria.

Interação com Facebook
 

‘Um caso inusitado’

Segure, doutor. O cidadão, ao meu lado, está morto. Já foi enterrado, quer apenas me atormentar.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 10 de dezembro de 1988. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Sábado, 10 de dezembro de 1988 – ano 31, edição 6932

Manchete – Câmara dos Deputados aprova salário mínimo de Cz$ 64.020 para janeiro
Indústria –Pierre Saby quer ampliar produção. A indústria produz estruturas metálicas e possui duas unidades em Santo André.
Vestibular – Sigilo quebrado faz ETE Lauro Gomes, de São Bernardo, anular prova.
Editorial – Explosões continuam sendo risco permanente
Memória – O Centro de Diadema.
Memória Eleições – 16 de agosto de 1936.
Vídeo (Ivan Gonçalves) – O futurismo de Robocop e o realismo de Gravos.
Polícia – Solenidade marca o 32º aniversário do 10º Batalhão da Polícia Militar.
 

Em 10 de novembro de...

1918 – Ainda há casos da gripe espanhola, mas a vida começa a voltar à normalidade. A Associação Paulista de Sports Atléticos anuncia o reinício dos seus campeonatos.
A Segunda Divisão tem um representante da região, o Primeiro de Maio FC, ao lado dos paulistanos Ruggerone, Barra Funda, Ítalo, Syrio, União Lapa, Itália, Fluminense e União Brasil.
Quando o campeonato foi interrompido, o Primeiro de Maio não estava bem. Havia realizado 11 jogos, com duas vitórias, oito derrotas e um empate, alcançando cinco pontos ganhos, com dez gols a favor e 31 contra.
- Falece Francisco Tetti, antigo comerciante do distrito de Santo André. Deixa viúva Pompilia Tetti e cinco filhos: João, Oswaldo, Luiz, Rosina e Carmélia.
1933 – Corinthians vence o Primeiro de Maio por 1 a 0 (gol de Anísio) e conquista o primeiro campeonato de futebol promovido pela Lems (Liga Esportiva Municipal São-Bernardense).
1983 – Inaugurado o primeiro Sacolão de São Bernardo.
- O técnico Carlos Alberto Parreira chama o ponta-esquerda Márcio Fernandes, do EC Santo André, para a Seleção de Novos.

Hoje

- Dia Internacional dos Direitos Humanos
- Dia do Palhaço

Santos do Dia

- Senhora de Loreto. Padroeira dos Aviadores
- Gemelo
- Gregório III
- Melquíades, papa.

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 10 de dezembro:

- No Ceará, Alcântaras
- No Mato Grosso, Alto Garças, Juscimeira, Rondonópolis e Torixoréu
- No Amazonas, Alvarães, Anamã, Beruri, Iranduba, Presidente Figueiredo, São Sebastião do Uatumã, Tonantins e Uarini
- Na Paraíba, Areial e Pocinhos
- No Paraná, Colorado, Coronel Domingos Soares, Fernandes Pinheiro, Itaperuçu e Londrina
- Em Goiás, Cumari
- Na Bahia, Itagi
- No Mato Grosso do Sul, Itaporã

Fonte: IBGE
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;