Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula quer o México mais perto da América Latina


Do Diário OnLine

06/08/2007 | 09:31


Ao desembarcar na noite deste domingo no México para uma visita oficial de pouco mais de um dia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou claro que o motivo de sua viagem é aproximar os mexicanos das Américas Latina e do Sul, principalmente nos fatores comerciais, turísticos, culturais e tecnológicos.

"Queremos que o México cada vez mais se aproxime da América Latina e da América do Sul. Temos trabalhado isso", disse o presidente brasileiro. "Trabalhamos com o presidente [Vicente] Fox e agora vamos trabalhar com o presidente [Felipe] Calderón numa expectativa que as duas maiores economias da América Latina possam desenvolver ainda mais sua relação comercial, sua relação científico-tecnológica", completou.

Para Lula, o bom momento econômico dos dois países é a chave para a evolução nas relações entre brasileiros e mexicanos. "Quanto mais abrimos as nossas fronteiras, mais chance temos de atrair não apenas investimentos, como a gente tem também possibilidade de fazer o entrelaçamento cultural, turístico. E é para isso que estou aqui. Estou aqui para vender a imagem do Brasil, os produtos brasileiros, e para comprar a imagem e os produtos do México."

Migração – Um dos pontos que Lula pretende discutir durante sua visita é a decisão do governo mexicano de passar a exigir visto dos cidadãos brasileiros que visitam o país. A medida tem como objetivo reduzir o número de migrantes ilegais para os Estados Unidos. Os brasileiros já constituem uma das maiores comunidades que tentam entrar ilegalmente em solo norte-americano pela fronteira mexicana.

"Tudo isso faz parte de uma nova discussão com o México. Acho que há uma disposição de avançarmos ao ponto de não criarmos problemas tantos para os mexicanos que vão ao Brasil quanto os brasileiros que vêm ao México."

Agenda - Lula deve se reunir nesta segunda-feira com o presidente Felipe Calderón, assinar um acordo de cooperação energética para biocombustíveis e petróleo e ser recebido por membros do Congresso e empresários. Prevê-se ainda a assinatura de duas cartas de intenções para cooperação em agricultura e em ciência e tecnologia.

Outros acordos também estão previstos na agenda de Lula no México: tratado de assistência jurídica penal; criação de um Grupo de Estudos de Alto Nível; acordo bilateral para a proteção dos consumidores; memorando de cooperação para prevenir o tráfico de imigrantes e acordo para a transferência de condenados.

Lula e sua comitiva devem deixar o México na manhã de terça-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;