Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Em ano recorde, Ford prepara ‘novidades’


Priscila Dal Poggetto
Do Diário do Grande ABC

16/12/2006 | 01:27


“Um dos melhores anos da história da Ford no Brasil”. Assim define o presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira, o ano de 2006. Argumentos não faltam. O retorno financeiro e produtivo da montadora foi tão expressivo que a previsão da Ford é encerrar o ano com a produção de 320 mil veículos e a venda de 220 mil unidades no mercado interno, além da exportação de 131 mil unidades.

Com esses números, a participação de mercado deve ficar na faixa de 11,5%. Vale lembrar que o lucro na América do Sul atingiu US$ 451 milhões até setembro, um crescimento de cerca de 70% sobre igual período de 2005. Os dados do último trimestre ainda não foram divulgados pela empresa.

“Foi um ano de intenso trabalho. A indústria cresceu, desenvolveu-se e se transformou de forma importante”, destaca o diretor de Assuntos Corporativos e Comunicação da Ford Brasil, Rogelio Golfarb. Segundo ele, o crescimento do setor e a estabilidade econômica do país permitem que a montadora possa investir com mais segurança nas fábricas brasileiras e, assim, aumentar a produção e melhorar a qualidade dos carros.

PRODUTOS

A Ford iniciou 2006 com o lançamento da nova linha de caminhões Cargo, com motorização eletrônica. Logo depois foi colocada no mercado a F-250, com motor diesel eletrônico e tração 4x4. Mas o maior destaque do ano, de acordo com o presidente da companhia, foi à chegada do Fusion. Desde o lançamento em junho, o veículo de luxo registra média de vendas superior a mil unidades por mês, que o coloca na liderança da categoria. “O Fusion superou nossas expectativas de venda. Ele é símbolo da nossa campanha de fortalecer o nome da marca, com produtos modernos, de qualidade e bom custo-benefício”, ressalta Marcos de Oliveira.

Outro lançamento foi o motor Flex 1.0 L para o Fiesta Hatch e o Fiesta Sedan, em agosto. “Neste fim de ano colocamos mais dois novos produtos no mercado: o EcoSport Automático e a Ranger pronta para receber o kit de conversão para o gás natural”, comenta.

PLANTAS

No ano em que completou cinco anos de operação, a fábrica de Camaçari, na Bahia, comemorou o marco de 850 mil veículos produzidos. Já a planta de São Bernardo recebe investimento de cerca de R$ 300 milhões para o desenvolvimento do novo carro da marca, que deverá ser lançado em 2008.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;