Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Pequenos viajantes, grandes cuidados


Da AJB

06/07/2006 | 08:26


Crianças e viagem têm tudo a ver. Mas para que o programa não se transforme em pesadelo, são precisos alguns cuidados. Planejar antecipadamente todos os detalhes é o segredo para o sucesso.

Liszt Ayala, há mais de 20 anos trabalhando na área de turismo, ensina que o primeiro passo é escolher um roteiro que agrade a todos, principalmente às crianças. A dica é apostar em parques temáticos, praias e pontos turísticos sempre bem recebidos. A escolha do hotel merece uma atenção especial: "Prefira locais que ofereçam espaço para diversão, com playground, piscina e quadra de esportes. Verifique se precisará de um berço ou camas extras e informe-se sobre todas as regras do hotel", detalha Ayala.

Antes da viagem, uma visita ao pediatra deve estar na agenda. As crianças alérgicas são mais propensas a ter crises quando estão em ambiente diferente. Para evitar nariz escorrendo e acessos de tosse, o pediatra Mário Berlink Faria sugere uma visita ao médico. "Antes de viajar, a criança precisa ser avaliada por seu médico. Os pais devem informar o profissional quanto ao roteiro e a duração do passeio para facilitar a escolha dos medicamentos que serão necessários", explica Faria.

A viagem, aliás, começa muito antes do embarque em terminais rodoviários, portos ou aeroportos. Quem viaja de carro, por exemplo, deve fazer a revisão no veículo e ter no porta-luvas um guia de estradas.

Aqueles que compram um pacote em agências de viagens devem tirar todas as dúvidas com o operador: detalhes sobre hotel, pacotes, passeios e descontos no transporte. “O brasileiro abre mão de pequenas coisas que podem facilitar o passeio, como checar a necessidade de vacinas e colocar crachá com identificação nas crianças, contendo o telefones dos responsáveis, o hotel em que estão hospedados e um contato da cidade de origem. Se a viagem for internacional, a identificação deve ser feita no idioma local ou em inglês", lembra o diretor da Lisztur.

Os cuidados com a bagagem também são essenciais, para evitar chegar ao destino apenas com a roupa do corpo. As malas devem ser leves e práticas, além de estarem devidamente identificadas, de preferência com símbolos de fácil reconhecimento, como fitas. Na bolsa de mão, roupa extra e alguns brinquedos e revistas. "Brinquedos e livrinhos distraem as crianças durante a viagem", ensina Ayala.

Em caso de pacotes com agências é fundamental ter à mão os telefones dos profissionais.

E para remediar qualquer doença, de dor de dente a casos mais graves, é fundamental saber a cobertura oferecida pelo plano de saúde. Além disso, nunca é exagero fazer seguro-viagem. "Os mais experientes sabem dos benefícios de planejar todos os detalhes e não economizar no seguro. Ele pode evitar muitos problemas futuros", orienta Liszt Ayala.

Documentação

Avião
Em viagens aéreas, as companhias TAM, Gol e Varig exigem de quem viaja com criança os seguintes documentos:

Nos vôos domésticos, o pais devem estar com identidade e fotocópia autenticada da certidão de nascimento.

Com parentes até terceiro grau, autorização judicial.

Se o responsável não for parente, é exigido a autorização judicial e um documento registrado em cartório, autorizando a pessoa a viajar com o menor.

Nos vôos internacionais, é cobrado o passaporte.

Caso seja necessário levar remédios para a criança, é recomendável que os responsáveis tenham o receituário médico e a nota fiscal dos medicamentos.

Ônibus
Nas viagens rodoviárias, as empresas cobram a autorização judicial, que é conseguida no Juizado de Menores.

Passaporte
Para os maiores de 18 anos, os documentos são: carteira de identidade, certidão de nascimento, título de eleitor com comprovante da última eleição, certificado de reservista, CPF, duas fotos 5x7 e o pagamento de uma taxa em qualquer agência do Banco do Brasil.

Menores de 18 anos devem ter autorização dos pais com firma reconhecida em cartório e autenticada, duas fotos 5x7 e comprovante de pagamento da taxa para o documento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;