Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Andreense busca dar sequência ao sonho na motovelocidade

Arquivo pessoal  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leozinho Muniz, 18 anos, superou adversidades e colecionou bons resultados na temporada 2014, mas visa apoio para voltar a correr


Dérek BIttencourt
Do Diário do Grande ABC

16/07/2015 | 07:00


No antebraço direito do andreense Leonardo Muniz, o Leozinho, 18 anos, há duas tatuagens: o contorno de uma moto e a inscrição “nunca desista”, em inglês. Um pouco mais acima, homenagem ao ídolo Valentino Rossi com a grafia de seu apelido The Doctor. E na cabeça, um sonho: ter possibilidade de seguir carreira na motovelocidade e competir fora do Brasil.

A paixão pelas duas rodas começou aos 11 anos, quando ganhou uma moto. A partir dali e com o incentivo do irmão motoboy, passou a entregar pizza, juntou dinheiro e, aos 15, comprou uma Kawasaki Ninja 250 para disputar da Copa Ninja. Em 2013, fez curso de pilotagem e, no ano seguinte, passou a competir. E logo na temporada de estreia, mesmo treinando menos do que os rivais e passando por cirurgia na mão que o tirou de combate, colecionou bons resultados: campeão da Copa Pirelli Ninja 250cc, vice-campeão dos 500 km de Interlagos 250cc, vice Paulista e vice Brasileiro da Copa Ninja.

Agora, o andreense busca parceiros para dar sequência à carreira. Trabalhando como instalador de câmeras e alarmes, ainda paga as parcelas da moto que financiou. “O automobilismo já é pouco reconhecido. O motociclismo é menos ainda. Ninguém se interessa”, disse Leozinho, que ontem foi recebido pelo prefeito Carlos Grana (PT). “Quero dar continuidade, seguir na ponta dos campeonatos e ir para fora (do País) – onde se há valorização –, representando a cidade”, concluiu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;