Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Mercado de capitais cresce 27,5%



13/08/2010 | 07:05


As operações do mercado de capitais cresceram 27,5% no acumulado de janeiro a julho em relação a igual período do ano passado, para R$ 64,5 bilhões, conforme divulgou ontem a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). "Isso resulta da recuperação dos mercados. A crise na Europa impactou a atividade, mas estamos tendo um ano bastante importante", disse o vice-presidente da Anbima, Alberto Kiraly.

As emissões de debêntures responderam por R$ 24,6 bilhões e as de ações, pelo dobro dos R$ 12,3 bilhões registrados no mesmo período de 2009. Foram realizadas 62 emissões de debêntures. Os follow-ons (emissões de ações) chegaram a R$ 16,3 bilhões. As operações de renda variável cresceram 34,4%.

As empresas emitiram 24 notas promissórias, no total de R$ 8 bilhões. No intervalo equivalente de 2009, foram emitidas 48 notas promissórias, no total de R$ 12,5 bilhões.

No mercado externo, as captações somaram US$ 19,2 bilhões no primeiro semestre, ante US$ 6,2 bilhões no mesmo período do no passado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mercado de capitais cresce 27,5%


13/08/2010 | 07:05


As operações do mercado de capitais cresceram 27,5% no acumulado de janeiro a julho em relação a igual período do ano passado, para R$ 64,5 bilhões, conforme divulgou ontem a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). "Isso resulta da recuperação dos mercados. A crise na Europa impactou a atividade, mas estamos tendo um ano bastante importante", disse o vice-presidente da Anbima, Alberto Kiraly.

As emissões de debêntures responderam por R$ 24,6 bilhões e as de ações, pelo dobro dos R$ 12,3 bilhões registrados no mesmo período de 2009. Foram realizadas 62 emissões de debêntures. Os follow-ons (emissões de ações) chegaram a R$ 16,3 bilhões. As operações de renda variável cresceram 34,4%.

As empresas emitiram 24 notas promissórias, no total de R$ 8 bilhões. No intervalo equivalente de 2009, foram emitidas 48 notas promissórias, no total de R$ 12,5 bilhões.

No mercado externo, as captações somaram US$ 19,2 bilhões no primeiro semestre, ante US$ 6,2 bilhões no mesmo período do no passado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;