Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Terra de samba e pandeiro

á se sabe que o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, foi violado


Carlos Brickmann

25/08/2010 | 00:00


1 - Já se sabe que o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, foi violado. Sabe-se o dia e a hora em que ocorreu a violação. Sabe-se de quem é a senha que permitiu a quebra do sigilo. Sabe-se de quem é o computador que foi usado. Mas as investigações não avançam por falta de informações.

2 - Ouvido na propaganda de rádio de Ciro Moura, candidato ao Senado por São Paulo: "Para uma mudança de 360 graus, vote em Ciro". Nada mais correto: quem muda 360 graus volta exatamente ao ponto de partida.

3 - Dilma faltou ao debate da rede católica de TV alegando problema de agenda. Mas esqueceu que Plínio de Arruda Sampaio está alerta. Ele pegou no twitter de Dilma, bem na hora do debate, a frase: "Olha que interessante, o Pato Fu interpretando músicas de sucesso usando instrumentos de brinquedo".

4 - O senador Eduardo Suplicy, do PT, recomenda o voto na Mulher Pêra (afinal, ela apoia os mesmos candidatos de Suplicy - Dilma, Mercadante, Marta e Netinho de Paula). Difícil acreditar? Veja em http://youtu.be/ocR_7Ycblrs

5 - Mas é maldade demais dizer que o goiaba defende a companheira fruta.

6 - Tiririca também é candidato a deputado federal pela coligação governista. Apoia Lula, Dilma, Mercadante, Marta e Netinho. Seu slogan: "Vote no Tiririca. Pior do que está não fica". E esta é a opinião de quem está no grupo

que governa.

6 - Alexandre Herchcovitch entra na campanha, como estilista de Dilma. Herchcovitch ficou famoso colocando caveiras nas roupas que produz.

PLÍNIO BATENDO
No debate da rede católica de televisão, liderada pela TV Canção Nova, Plínio bateu duro em Dilma, por não comparecer (e, a julgar por suas mensagens via twitter, por ter preferido assistir ao Pato Fu). Disse o candidato do Psol: "Tinha uma mulher que tinha muito que estar aqui porque todos aqui sabem quem é o Serra, quem é a Marina e quem sou eu, mas ninguém sabe quem é esta senhora que foi inventada pelo Lula." Claro existe gente que sabe quem é Dilma.

O problema é que não conta.

VERDADE NUA...
Serra não sabe sorrir. Não dança, exceto em campanha. Diz que é palmeirense, mas na TV não soube dizer quem foram alguns dos ídolos do time. Achava que Luiz Felipe Scolari não entendia de bola, e queria afastá-lo do Palmeiras. Dilma, como Serra, sorri só em eleições. Não dança, exceto em campanha. Diz que é mestra e doutora, mas não é. Declara-se petista, mas era do PDT e só virou petista para manter seu cargo. É provável que jamais tenha ouvido falar de Fernanda Takai e do Pato Fu. A bobagem do twitter deve ser coisa de assessor.

O JAPONÊS DO SORRISO
Conhece David Matsumoto? Especialista norte-americano em linguagem não-verbal, foi trazido ao Brasil para analisar comportamento dos candidatos. Sua primeira análise foi de que o sorriso de Serra é artificial. E precisava importar um especialista para constatar o óbvio?

BOM LIVRO
Contos e crônicas de leitura agradável: é Bucareste, de Alexandru Solomon, Coquetel de lançamento: hoje, 19h, na Saraiva Mega Store do Shopping Pátio Higienópolis.

LUTA EM FAMÍLIA
O vice-presidente José Alencar insiste naquela posição insustentável: não admite que seja o pai de uma senhora que se diz sua filha (e que ganhou na Justiça o direito de usar seu nome), mas também não admite fazer o exame de DNA, que resolveria a questão. Já chamou a mãe da senhora, com quem teve um relacionamento há muitos anos, quando ambos eram solteiros, de prostituta; agora acusa a filha (é filha, de acordo com decisão judicial) de chantageá-lo. E recorre contra a decisão. Uma dúvida: se não tem nada com o caso, por que temer o DNA? Quando se relacionou com a mãe, certamente era "meu bem" para cá, "meu bem" para lá. Por que, agora, pensar só em termos de "meus bens"?



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Terra de samba e pandeiro

á se sabe que o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, foi violado

Carlos Brickmann

25/08/2010 | 00:00


1 - Já se sabe que o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, foi violado. Sabe-se o dia e a hora em que ocorreu a violação. Sabe-se de quem é a senha que permitiu a quebra do sigilo. Sabe-se de quem é o computador que foi usado. Mas as investigações não avançam por falta de informações.

2 - Ouvido na propaganda de rádio de Ciro Moura, candidato ao Senado por São Paulo: "Para uma mudança de 360 graus, vote em Ciro". Nada mais correto: quem muda 360 graus volta exatamente ao ponto de partida.

3 - Dilma faltou ao debate da rede católica de TV alegando problema de agenda. Mas esqueceu que Plínio de Arruda Sampaio está alerta. Ele pegou no twitter de Dilma, bem na hora do debate, a frase: "Olha que interessante, o Pato Fu interpretando músicas de sucesso usando instrumentos de brinquedo".

4 - O senador Eduardo Suplicy, do PT, recomenda o voto na Mulher Pêra (afinal, ela apoia os mesmos candidatos de Suplicy - Dilma, Mercadante, Marta e Netinho de Paula). Difícil acreditar? Veja em http://youtu.be/ocR_7Ycblrs

5 - Mas é maldade demais dizer que o goiaba defende a companheira fruta.

6 - Tiririca também é candidato a deputado federal pela coligação governista. Apoia Lula, Dilma, Mercadante, Marta e Netinho. Seu slogan: "Vote no Tiririca. Pior do que está não fica". E esta é a opinião de quem está no grupo

que governa.

6 - Alexandre Herchcovitch entra na campanha, como estilista de Dilma. Herchcovitch ficou famoso colocando caveiras nas roupas que produz.

PLÍNIO BATENDO
No debate da rede católica de televisão, liderada pela TV Canção Nova, Plínio bateu duro em Dilma, por não comparecer (e, a julgar por suas mensagens via twitter, por ter preferido assistir ao Pato Fu). Disse o candidato do Psol: "Tinha uma mulher que tinha muito que estar aqui porque todos aqui sabem quem é o Serra, quem é a Marina e quem sou eu, mas ninguém sabe quem é esta senhora que foi inventada pelo Lula." Claro existe gente que sabe quem é Dilma.

O problema é que não conta.

VERDADE NUA...
Serra não sabe sorrir. Não dança, exceto em campanha. Diz que é palmeirense, mas na TV não soube dizer quem foram alguns dos ídolos do time. Achava que Luiz Felipe Scolari não entendia de bola, e queria afastá-lo do Palmeiras. Dilma, como Serra, sorri só em eleições. Não dança, exceto em campanha. Diz que é mestra e doutora, mas não é. Declara-se petista, mas era do PDT e só virou petista para manter seu cargo. É provável que jamais tenha ouvido falar de Fernanda Takai e do Pato Fu. A bobagem do twitter deve ser coisa de assessor.

O JAPONÊS DO SORRISO
Conhece David Matsumoto? Especialista norte-americano em linguagem não-verbal, foi trazido ao Brasil para analisar comportamento dos candidatos. Sua primeira análise foi de que o sorriso de Serra é artificial. E precisava importar um especialista para constatar o óbvio?

BOM LIVRO
Contos e crônicas de leitura agradável: é Bucareste, de Alexandru Solomon, Coquetel de lançamento: hoje, 19h, na Saraiva Mega Store do Shopping Pátio Higienópolis.

LUTA EM FAMÍLIA
O vice-presidente José Alencar insiste naquela posição insustentável: não admite que seja o pai de uma senhora que se diz sua filha (e que ganhou na Justiça o direito de usar seu nome), mas também não admite fazer o exame de DNA, que resolveria a questão. Já chamou a mãe da senhora, com quem teve um relacionamento há muitos anos, quando ambos eram solteiros, de prostituta; agora acusa a filha (é filha, de acordo com decisão judicial) de chantageá-lo. E recorre contra a decisão. Uma dúvida: se não tem nada com o caso, por que temer o DNA? Quando se relacionou com a mãe, certamente era "meu bem" para cá, "meu bem" para lá. Por que, agora, pensar só em termos de "meus bens"?

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;