Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Orquestra de S.Bernardo toca neste sábado


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

27/02/2004 | 19:49


A Orquestra Filarmônica de São Bernardo abre neste sábado, com um concerto no Teatro Elis Regina, sua temporada 2004. Embora ainda sem data para o início das apresentações, a Sinfônica de Santo André e a Filarmônica de São Caetano anunciam seus planos para o ano.

Sob regência do titular Paulo Rydlewski, a Filarmônica mostra em sua cidade-sede um programa alusivo às comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

Por isso mesmo, é com a voz da soprano Ana Taglianetti que será exibida boa parte do repertório. A Filarmônica começa com a abertura Coriolano, de Beethoven. Na seqüência, Ana faz duas árias: Mi Chiamano Mimi e Quando me’n vó Soletta per la Via (Valsa di Musetta), ambas da ópera La Bohéme, de Puccini.

A próxima peça é abertura Candide, de Bernstein, seguida da ária Oh Mio Babino Caro, da ópera Gianni Schichi, de Puccini, e Summertime, de Gershwin. Ambas têm a participação da soprano. O concerto é encerrado com a Sinfonia nº 5 em Mi Menor, Op. 64, de Tchaikowsky. Esse mesmo programa será reapresentado no próximo dia 7, no Teatro Cacilda Becker.

A Orquestra Filarmônica de São Caetano deve iniciar sua temporada em março, com um concerto em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. “Executaremos um programa bem popular e brasileiro, com músicas de Dorival Caymmi, Chico Buarque e Tom Jobim, por exemplo. Todas têm como título nomes de mulheres”, afirma o regente titular, Antonio Carlos Neves Pinto.

A cada mês, a Filarmônica terá um concerto temático. Em abril serão executadas às quintas sinfonias de Beethoven e Shostakovitch e, em maio, apenas músicas brasileiras. A temporada internacional será retomada a partir de abril.

A Orquestra Sinfônica de Santo André prevê uma temporada composta por cerca de 35 concertos, com dez programas distintos. Destaque para a sétima sinfonia de Dvorák, a quarta de Mahler e a sétima de Beethoven. A data da estréia ainda não foi definida.

Orquestra Filarmônica de São Bernardo – Concerto com regência de Paulo Rydlewski e participação da soprano Ana Taglianetti. Neste sábado, às 20h30. No Teatro Elis Regina – r. João Firmino, 900. Tel.: 4351-3479. Entrada franca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Orquestra de S.Bernardo toca neste sábado

Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

27/02/2004 | 19:49


A Orquestra Filarmônica de São Bernardo abre neste sábado, com um concerto no Teatro Elis Regina, sua temporada 2004. Embora ainda sem data para o início das apresentações, a Sinfônica de Santo André e a Filarmônica de São Caetano anunciam seus planos para o ano.

Sob regência do titular Paulo Rydlewski, a Filarmônica mostra em sua cidade-sede um programa alusivo às comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

Por isso mesmo, é com a voz da soprano Ana Taglianetti que será exibida boa parte do repertório. A Filarmônica começa com a abertura Coriolano, de Beethoven. Na seqüência, Ana faz duas árias: Mi Chiamano Mimi e Quando me’n vó Soletta per la Via (Valsa di Musetta), ambas da ópera La Bohéme, de Puccini.

A próxima peça é abertura Candide, de Bernstein, seguida da ária Oh Mio Babino Caro, da ópera Gianni Schichi, de Puccini, e Summertime, de Gershwin. Ambas têm a participação da soprano. O concerto é encerrado com a Sinfonia nº 5 em Mi Menor, Op. 64, de Tchaikowsky. Esse mesmo programa será reapresentado no próximo dia 7, no Teatro Cacilda Becker.

A Orquestra Filarmônica de São Caetano deve iniciar sua temporada em março, com um concerto em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. “Executaremos um programa bem popular e brasileiro, com músicas de Dorival Caymmi, Chico Buarque e Tom Jobim, por exemplo. Todas têm como título nomes de mulheres”, afirma o regente titular, Antonio Carlos Neves Pinto.

A cada mês, a Filarmônica terá um concerto temático. Em abril serão executadas às quintas sinfonias de Beethoven e Shostakovitch e, em maio, apenas músicas brasileiras. A temporada internacional será retomada a partir de abril.

A Orquestra Sinfônica de Santo André prevê uma temporada composta por cerca de 35 concertos, com dez programas distintos. Destaque para a sétima sinfonia de Dvorák, a quarta de Mahler e a sétima de Beethoven. A data da estréia ainda não foi definida.

Orquestra Filarmônica de São Bernardo – Concerto com regência de Paulo Rydlewski e participação da soprano Ana Taglianetti. Neste sábado, às 20h30. No Teatro Elis Regina – r. João Firmino, 900. Tel.: 4351-3479. Entrada franca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;