Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Maioria dos americanos apóia uma guerra contra o Iraque


Das Agências

13/08/2002 | 10:35


Uma maioria de americanos apóia a guerra contra o Iraque com anuência do Congresso, segundo uma pesquisa do jornal The Washington Post publicada nesta terça-feira.

Grande parte dos entrevistados considera o Iraque uma ameaça, 69% apóiam alguma forma de ação militar para tirar o presidente iraquiano Saddam Hussein do poder, enquanto que apenas 22% se opõem.

No entanto, o forte apoio a uma ação militar diminui para 54% quando os entrevistados são indagados sobre a não participação dos aliados dos Estados Unidos na ação.

Os entrevistados se mostraram divididos em relação ao fato de se o presidente George W. Bush tem uma "política clara" em relação ao Iraque: 45% indicam que sim e 42% que não.

Setenta e cinco por cento acham que Bush deve procurar a autorização do Congresso antes de iniciar -se a uma guerra. Do total, 59% dizem que o Congresso deve tomar a decisão final se houver desacordo entre o presidente e os legisladores.

A pesquisa foi realizada de 7 a 11 de agosto com 1, 23 mil adultos, e tem uma margem de erro de três pontos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maioria dos americanos apóia uma guerra contra o Iraque

Das Agências

13/08/2002 | 10:35


Uma maioria de americanos apóia a guerra contra o Iraque com anuência do Congresso, segundo uma pesquisa do jornal The Washington Post publicada nesta terça-feira.

Grande parte dos entrevistados considera o Iraque uma ameaça, 69% apóiam alguma forma de ação militar para tirar o presidente iraquiano Saddam Hussein do poder, enquanto que apenas 22% se opõem.

No entanto, o forte apoio a uma ação militar diminui para 54% quando os entrevistados são indagados sobre a não participação dos aliados dos Estados Unidos na ação.

Os entrevistados se mostraram divididos em relação ao fato de se o presidente George W. Bush tem uma "política clara" em relação ao Iraque: 45% indicam que sim e 42% que não.

Setenta e cinco por cento acham que Bush deve procurar a autorização do Congresso antes de iniciar -se a uma guerra. Do total, 59% dizem que o Congresso deve tomar a decisão final se houver desacordo entre o presidente e os legisladores.

A pesquisa foi realizada de 7 a 11 de agosto com 1, 23 mil adultos, e tem uma margem de erro de três pontos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;