Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Corpo decapitado descoberto em Bagdá pode ser de um asiático


Do Diário OnLine
Com AFP

30/10/2004 | 17:27


Um corpo decapitado, aparentemente de um asiático, foi encontrado neste sábado atrás do hospital de Bagdá (capital iraquiana), perto da rua Haifa. A informação foi dada pelo porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, que não pôde confirmar se trata-se do refém japonês seqüestrado nesta semana.

"A cabeça estava junto ao corpo, que tem traços asiáticos", declarou o coronel Adnan Abdelrahman.

O corpo foi levado para o instituto de medicina legal de Bagdá, informou o porta-voz, acrescentando que pode se tratar do refém japonês.

O mochileiro Shosei Koda, 24 anos, foi seqüestrado nesta semana pela 'Organização Al Qaeda da Jihad no país de Rafidain', do grupo do jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, que ameaçou decapitá-lo se o Japão não retirasse suas tropas do Iraque, uma exigência de Tóquio rejeitou. O ultimato expirou na manhã de sexta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corpo decapitado descoberto em Bagdá pode ser de um asiático

Do Diário OnLine
Com AFP

30/10/2004 | 17:27


Um corpo decapitado, aparentemente de um asiático, foi encontrado neste sábado atrás do hospital de Bagdá (capital iraquiana), perto da rua Haifa. A informação foi dada pelo porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, que não pôde confirmar se trata-se do refém japonês seqüestrado nesta semana.

"A cabeça estava junto ao corpo, que tem traços asiáticos", declarou o coronel Adnan Abdelrahman.

O corpo foi levado para o instituto de medicina legal de Bagdá, informou o porta-voz, acrescentando que pode se tratar do refém japonês.

O mochileiro Shosei Koda, 24 anos, foi seqüestrado nesta semana pela 'Organização Al Qaeda da Jihad no país de Rafidain', do grupo do jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, que ameaçou decapitá-lo se o Japão não retirasse suas tropas do Iraque, uma exigência de Tóquio rejeitou. O ultimato expirou na manhã de sexta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;