Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pai e filho morrem no Pico do Jaraguá


Do Diário do Grande ABC

21/08/2000 | 12:21


Foram liberados nesta segunda-feira de manha os corpos de Milton Gomes de Toledo e Gilberto Gomes de Toledo, pai e filho que morreram domingo depois de caírem de um paredao do Pico do Jaraguá, em Sao Paulo, onde faziam uma escalada.

Gilberto era filho de criaçao do seu tio Milton, que adotou ele e seus três irmaos depois que eles ficaram órfaos. Donizete Gomes de Toledo, irmao de Gilberto, disse que essa foi a segunda vez que eles foram ao Pico do Jaragué e que o acidente foi uma fatalidade.

O caso foi atendido pelo Corpo de Bombeiros, que inicialmente foi chamado para resgatar um grupo de 32 integrantes da Igreja Adventista do Sétimo Dia, a maioria crianças, que ficou preso num paredao, enquanto realizava uma caminhada pela área.

Milton tinha reunido dois filhos, um cunhado e dois amigos para um churrasco no Parque Estadual do Jaraguá. Por volta das 13 horas, eles resolveram avançar por uma das trilhas para apreciar a paisagem. Ao chegar em determinado ponto da escalada, porém, ficaram cansados e optaram por voltar.

Com Toledo à frente, o grupo perdeu-se numa das entradas, aprofundando-se na mata. Por volta de 14h30, ao cortar caminho, acabou caindo de um paredao, com cerca de 30 metros de altura, diretamente sobre as pedras. Vendo o pai desaparecer na trilha, Gilberto seguiu-o e também caiu.

"Provavelmente, eles desequilibraram-se na borda do descampado", comentou o primeiro-tenente do Corpo de Bombeiros Rogério César Brambilla, que criticou a iniciativa. "Tratava-se de um grupo despreparado para a subida, que seguiu por uma trilha desmarcada, sem equipamento."

Os demais integrantes do grupo, observando o que tinha acontecido, tentaram retornar, com sucesso, por outra rota, para avisar sobre o problema. O resgate dos corpos foi feito por volta de 15h30, com o apoio de oito bombeiros e de cinco PMs do Comando de Operaçoes Especiais (COE).

O COE havia sido acionado, por volta das 14 horas, para auxiliar um grupo de 32 pessoas, integrantes do Grupo Desbravadores Nebulosos de Orion, ligado à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Sob a responsabilidade de Cícero Salustiano da Silva, havia cerca de 30 menores, com idades entre 5 e 16 anos, nessa expediçao.

Depois do almoço, as crianças iniciaram a escalada, na direçao da torre de transmissao da Rede Globo. Pouco antes das 14 horas, a cerca de 30 metros da antena, eles ficaram presos num paredao e o terreno escorregadio desaconselhava o retorno. Em meio ao impasse, Silva chamou o resgate para ajudá-los.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;