Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Entidade lança livro tirando dúvidas sobre esclerose múltipla

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


29/05/2020 | 10:52


Uma doença neurológica que atinge mais de 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo e ainda é desconhecida por mais da metade da população brasileira. Isso causa diversos obstáculos entre o diagnóstico e a qualidade de vida. Uma pesquisa do Instituto Datafolha, de 2017, revela que 80% dos brasileiros desconhecem a esclerose múltipla (EM). Algumas pessoas associam a condição a idosos, outros imaginam que se trate de problemas nos ossos - todas informações equivocadas.

No entanto, a esclerose múltipla é a doença neurológica mais comum em jovens adultos que, se não diagnosticada e tratada precocemente, tem um impacto negativo em variados segmentos - seja na saúde ou até na economia.

Neste sábado, 30 de maio, comemora-se o Dia Mundial da Esclerose Múltipla. Apesar de muitas doenças crônicas hoje terem tratamentos eficazes e permitirem que a pessoa tenha uma boa qualidade de vida, exerça atividade laboral e constitua família, algumas ainda são mais enigmáticas que outras.

"Esta verdade não poderia ser mais absoluta na vigência de esclerose múltipla, uma doença neurológica e autoimune, mas com causa ainda não plenamente descoberta, sintomas invisíveis (que o outro não consegue perceber além do paciente) e rodeada de mitos, alguns verdadeiros, outros não", diz o neurologista Denis Bichuetti, consultor científico da Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME), entidade que acolhe mais de três mil pessoas mensalmente.

Ele e outros especialistas colaboraram para a elaboração do livro Esclerose Múltipla: + de 100 Respostas, Sem Mais Perguntas, que terá seu lançamento virtual pela AME nesta sexta, 29 de maio, às 11h, transmitido ao vivo pela página da associação (https://amigosmultiplos.org.br/).

Foram mais de cem perguntas selecionadas, desenvolvidas e revisadas pelos principais médicos da área de neurologia. Entre os grandes nomes dos colaboradores, estão Raquel Vassão, Jefferson Becker, Gutemberg Augusto Cruz dos Santos e Anderson Kuntz Grzesiuk.

"Para navegar neste mar de dúvidas que cercam o recém-diagnosticado ou talvez até mesmo aquele que já tenha na esclerose múltipla sua parceira de longa data, o time da AME realizou um minucioso trabalho técnico com a participação de médicos especialistas das cinco regiões brasileiras, com perguntas diretas e respostas claras que poderão ajudar quem convive com EM, seus familiares e amigos, na compreensão de alguns sintomas e até mesmo planejamento de consultas e, quem sabe, planejamentos de vida", afirma Bichuetti.

Instituições de alta relevância e atuação na área, como o BCTRIMS e a ABN, também fizeram parte do processo, que somou mais de um ano de trabalho para entregar um conteúdo que fosse relevante para a sociedade, informativo, de qualidade e que realmente auxiliasse na vida de quem tem o diagnóstico.

Serviço:

Esclerose Múltipla: + de 100 Respostas, Sem Mais Perguntas , disponível na Amazon.

Preço: R$ 24,90 (todo o valor será revertido para auxiliar o trabalho da associação). Para quem não tem condições de adquirir o livro, ele poderá ser disponibilizado gratuitamente, basta enviar um e-mail para sobreem@amigosmultiplos.org.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Entidade lança livro tirando dúvidas sobre esclerose múltipla


29/05/2020 | 10:52


Uma doença neurológica que atinge mais de 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo e ainda é desconhecida por mais da metade da população brasileira. Isso causa diversos obstáculos entre o diagnóstico e a qualidade de vida. Uma pesquisa do Instituto Datafolha, de 2017, revela que 80% dos brasileiros desconhecem a esclerose múltipla (EM). Algumas pessoas associam a condição a idosos, outros imaginam que se trate de problemas nos ossos - todas informações equivocadas.

No entanto, a esclerose múltipla é a doença neurológica mais comum em jovens adultos que, se não diagnosticada e tratada precocemente, tem um impacto negativo em variados segmentos - seja na saúde ou até na economia.

Neste sábado, 30 de maio, comemora-se o Dia Mundial da Esclerose Múltipla. Apesar de muitas doenças crônicas hoje terem tratamentos eficazes e permitirem que a pessoa tenha uma boa qualidade de vida, exerça atividade laboral e constitua família, algumas ainda são mais enigmáticas que outras.

"Esta verdade não poderia ser mais absoluta na vigência de esclerose múltipla, uma doença neurológica e autoimune, mas com causa ainda não plenamente descoberta, sintomas invisíveis (que o outro não consegue perceber além do paciente) e rodeada de mitos, alguns verdadeiros, outros não", diz o neurologista Denis Bichuetti, consultor científico da Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME), entidade que acolhe mais de três mil pessoas mensalmente.

Ele e outros especialistas colaboraram para a elaboração do livro Esclerose Múltipla: + de 100 Respostas, Sem Mais Perguntas, que terá seu lançamento virtual pela AME nesta sexta, 29 de maio, às 11h, transmitido ao vivo pela página da associação (https://amigosmultiplos.org.br/).

Foram mais de cem perguntas selecionadas, desenvolvidas e revisadas pelos principais médicos da área de neurologia. Entre os grandes nomes dos colaboradores, estão Raquel Vassão, Jefferson Becker, Gutemberg Augusto Cruz dos Santos e Anderson Kuntz Grzesiuk.

"Para navegar neste mar de dúvidas que cercam o recém-diagnosticado ou talvez até mesmo aquele que já tenha na esclerose múltipla sua parceira de longa data, o time da AME realizou um minucioso trabalho técnico com a participação de médicos especialistas das cinco regiões brasileiras, com perguntas diretas e respostas claras que poderão ajudar quem convive com EM, seus familiares e amigos, na compreensão de alguns sintomas e até mesmo planejamento de consultas e, quem sabe, planejamentos de vida", afirma Bichuetti.

Instituições de alta relevância e atuação na área, como o BCTRIMS e a ABN, também fizeram parte do processo, que somou mais de um ano de trabalho para entregar um conteúdo que fosse relevante para a sociedade, informativo, de qualidade e que realmente auxiliasse na vida de quem tem o diagnóstico.

Serviço:

Esclerose Múltipla: + de 100 Respostas, Sem Mais Perguntas , disponível na Amazon.

Preço: R$ 24,90 (todo o valor será revertido para auxiliar o trabalho da associação). Para quem não tem condições de adquirir o livro, ele poderá ser disponibilizado gratuitamente, basta enviar um e-mail para sobreem@amigosmultiplos.org.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;