Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sonhos e Dramas da Loteria

Divulgação/TV Record Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

03/05/2011 | 07:00


Com forte aposta em temas mais próximos ao cotidiano, estreia hoje Vidas em Jogo, novela que substitui Ribeirão do Tempo na faixa das 22h na Record.

Valendo-se do apelo do sonho de ganhar dinheiro com um bilhete de loteria, a emissora deve melhorar a audiência com relação à antecessora, que apresentou trama política. Traz para o elenco os ex-globais Guilherme Berenguer, Betty Lago e Beth Goulart. Ao Diário, Beth Goulart falou de suas expectativas e da nova casa (leia abaixo).

Escrita por Cristianne Fridman e com direção-geral de Alexandre Avancini, o enredo de Vidas em Jogo colocará na mira dos protagonistas um grupo de amigos que jogam juntos na loteria durante dois anos e ganham um prêmio de valor extraordinário, no sorteio da virada do ano.
E, como na realidade, as pessoas dessa turma mudam radicamente seus estilos de vida e têm suas histórias reveladas aos poucos. Nada muito diferente das que já conhecemos. Como o pai que precisa de dinheiro para bancar a faculdade do filho e outro que tem que pagar dívida com o agiota, entre outras histórias.

Nessa transformação de status social ocorrerão alguns conflitos. Uma das primeiras brigas acontece quando surge a ideia de guardar metade do prêmio ganho. Alguns concordarão, outros não.

O gosto de tantas vitórias e as mudanças de vida terão toques especiais como o triângulo amoroso entre Francisco (Guilherme Berenguer), Rita (Juliana Trevisol) e Patrícia (Thais Fersoza). Antes de ganhar na loteria, ele era motorista da rica Patrícia, e tinha um romance com a jovem, ao mesmo tempo que continuava namorando a humilde e trabalhadora Rita, que sempre sonhou em ser dançarina.

Apoiando-se em elenco jovem e forte, os autores de Vidas em Jogos vão mesclar em seus núcleos situações que envolvem vingança, traição, uso de drogas e obesidade, como é o caso de Margarida (Amandha Lee), veterana do casting da emissora, será uma jovem cozinheira carioca que sofre do distúrbio.


Beth Goulart será vilã

Depois de várias renovações de contrato com a TV Globo por longos anos, a atriz Beth Goulart deixa a emissora para enfrentar novo desafio na Record, estreando no papel da vilã Regina, em Vidas em Jogo.

"É saudável ter opções de trabalhos em vários lugares e isso só esquenta a concorrência, o que é muito positivo", frisa a atriz.

Beth teve como seu último trabalho na Globo a novela Desejo Proibido. "Cheguei no Rio de Janeiro com 18 anos e logo fui contratada por eles (Globo). Tenho uma história lá, mas agora estou feliz nessa nova fase", completa.

A atriz define sua personagem, Regina, como uma mulher contemporânea, rica e que lutará para manter a boa vida junto com as filhas após a morte do marido.

"Como ela vai ter uma fábrica que foi invadida por moradores de rua, fui conhecer uma situação dessa na realidade para interpretar mais próximo do que acontece. Espero que as pessoas gostem, pois será uma novela dinâmica, que aborta valores éticos e atuais, em função da ambição e do dinheiro", conclui Beth.

Por enquanto, a atriz interrompe a turnê do espetáculo teatral Simplesmente Eu, Clarice Lispector para se dedicar à novela.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sonhos e Dramas da Loteria

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

03/05/2011 | 07:00


Com forte aposta em temas mais próximos ao cotidiano, estreia hoje Vidas em Jogo, novela que substitui Ribeirão do Tempo na faixa das 22h na Record.

Valendo-se do apelo do sonho de ganhar dinheiro com um bilhete de loteria, a emissora deve melhorar a audiência com relação à antecessora, que apresentou trama política. Traz para o elenco os ex-globais Guilherme Berenguer, Betty Lago e Beth Goulart. Ao Diário, Beth Goulart falou de suas expectativas e da nova casa (leia abaixo).

Escrita por Cristianne Fridman e com direção-geral de Alexandre Avancini, o enredo de Vidas em Jogo colocará na mira dos protagonistas um grupo de amigos que jogam juntos na loteria durante dois anos e ganham um prêmio de valor extraordinário, no sorteio da virada do ano.
E, como na realidade, as pessoas dessa turma mudam radicamente seus estilos de vida e têm suas histórias reveladas aos poucos. Nada muito diferente das que já conhecemos. Como o pai que precisa de dinheiro para bancar a faculdade do filho e outro que tem que pagar dívida com o agiota, entre outras histórias.

Nessa transformação de status social ocorrerão alguns conflitos. Uma das primeiras brigas acontece quando surge a ideia de guardar metade do prêmio ganho. Alguns concordarão, outros não.

O gosto de tantas vitórias e as mudanças de vida terão toques especiais como o triângulo amoroso entre Francisco (Guilherme Berenguer), Rita (Juliana Trevisol) e Patrícia (Thais Fersoza). Antes de ganhar na loteria, ele era motorista da rica Patrícia, e tinha um romance com a jovem, ao mesmo tempo que continuava namorando a humilde e trabalhadora Rita, que sempre sonhou em ser dançarina.

Apoiando-se em elenco jovem e forte, os autores de Vidas em Jogos vão mesclar em seus núcleos situações que envolvem vingança, traição, uso de drogas e obesidade, como é o caso de Margarida (Amandha Lee), veterana do casting da emissora, será uma jovem cozinheira carioca que sofre do distúrbio.


Beth Goulart será vilã

Depois de várias renovações de contrato com a TV Globo por longos anos, a atriz Beth Goulart deixa a emissora para enfrentar novo desafio na Record, estreando no papel da vilã Regina, em Vidas em Jogo.

"É saudável ter opções de trabalhos em vários lugares e isso só esquenta a concorrência, o que é muito positivo", frisa a atriz.

Beth teve como seu último trabalho na Globo a novela Desejo Proibido. "Cheguei no Rio de Janeiro com 18 anos e logo fui contratada por eles (Globo). Tenho uma história lá, mas agora estou feliz nessa nova fase", completa.

A atriz define sua personagem, Regina, como uma mulher contemporânea, rica e que lutará para manter a boa vida junto com as filhas após a morte do marido.

"Como ela vai ter uma fábrica que foi invadida por moradores de rua, fui conhecer uma situação dessa na realidade para interpretar mais próximo do que acontece. Espero que as pessoas gostem, pois será uma novela dinâmica, que aborta valores éticos e atuais, em função da ambição e do dinheiro", conclui Beth.

Por enquanto, a atriz interrompe a turnê do espetáculo teatral Simplesmente Eu, Clarice Lispector para se dedicar à novela.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;