Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 12 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Dicas para alugar casas com mais segurança no fim do ano

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Redação
Do Rota de Férias

24/12/2020 | 08:48


A alta procura por casas de temporada no fim do ano, em razão da pandemia do novo coronavírus, revela a preocupação de muitas pessoas em relação à saúde na hora de planejar a viagem. Se antes a procura se dava por espaço suficiente para encontrar com todos os amigos e familiares em regiões de praia ou interior, agora o ideal é reservar lugares aconchegantes, afastados de aglomerações e em pequenos grupos para evitar novos contágios.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Nessa perspectiva, donos de imóveis para aluguel de temporada e até mesmo interessados em tirar um período fora de casa podem recorrer a algumas medidas que ajudem nesse novo modelo de férias. Para Felipe Barranco, CEO e cofundador da Flix, seguradora digital com foco na venda de seguros e assistências residenciais, muitos segmentos devem trabalhar juntos para que esse momento seja um período de descanso responsável.

“Percebemos um aumento da preocupação com o bem-estar em consequência do isolamento social. Para que esse movimento seja seguro, é imprescindível estar preparado para possíveis imprevistos e contato com pessoas fora do círculo de convívio”, comenta Felipe.

Dicas para alugar casas com mais segurança

Confira algumas dicas para alugar casas com mais segurança no fim do ano:

  • Centros de saúde

Fazer um planejamento de emergência deixará a viagem mais fácil e segura. Por isso, é importante mapear hospitais, farmácias e centros de atendimento que estejam próximos à residência alugada. Ter esse controle diminui o tempo de acesso em caso de emergências e previne filas e aglomerações no caminho.

  • Cuiados com os pets

Caso vá viajar com pets, certifique-se, antes de viajar, que a carteira de vacinação do animal esteja atualizada. Procure um veterinário, se necessário, para entender qual é a melhor forma de passear com o bichinho e invista em cuidados básicos de saúde e higiene.

Assim como a residência, existem planos e seguros focados na prevenção e cuidados com os pets. Caso seu animal possua alguma predisposição, você estará seguro de que o atendimento será rápido e não provocará aglomerações em centros de medicina veterinária.

Antes de sair de casa

Antes de viajar, é importante verificar as condições da sua própria residência, que ficará sem manutenção diária por um tempo. Para isso, é necessário checar se saída de gás, torneiras e tomadas estão em dia e sem riscos aparentes.

Uma boa opção é deixar uma cópia da chave com uma pessoa de confiança que não vai viajar. Assim, caso haja um imprevisto, a resolução será mais ágil e eficaz.

Outra alternativa é contratar um seguro residencial personalizado, assegurando que qualquer dano causado possa ser revertido em pouco tempo e não comprometa as economias para o próximo ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dicas para alugar casas com mais segurança no fim do ano

Redação
Do Rota de Férias

24/12/2020 | 08:48


A alta procura por casas de temporada no fim do ano, em razão da pandemia do novo coronavírus, revela a preocupação de muitas pessoas em relação à saúde na hora de planejar a viagem. Se antes a procura se dava por espaço suficiente para encontrar com todos os amigos e familiares em regiões de praia ou interior, agora o ideal é reservar lugares aconchegantes, afastados de aglomerações e em pequenos grupos para evitar novos contágios.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Nessa perspectiva, donos de imóveis para aluguel de temporada e até mesmo interessados em tirar um período fora de casa podem recorrer a algumas medidas que ajudem nesse novo modelo de férias. Para Felipe Barranco, CEO e cofundador da Flix, seguradora digital com foco na venda de seguros e assistências residenciais, muitos segmentos devem trabalhar juntos para que esse momento seja um período de descanso responsável.

“Percebemos um aumento da preocupação com o bem-estar em consequência do isolamento social. Para que esse movimento seja seguro, é imprescindível estar preparado para possíveis imprevistos e contato com pessoas fora do círculo de convívio”, comenta Felipe.

Dicas para alugar casas com mais segurança

Confira algumas dicas para alugar casas com mais segurança no fim do ano:

  • Centros de saúde

Fazer um planejamento de emergência deixará a viagem mais fácil e segura. Por isso, é importante mapear hospitais, farmácias e centros de atendimento que estejam próximos à residência alugada. Ter esse controle diminui o tempo de acesso em caso de emergências e previne filas e aglomerações no caminho.

  • Cuiados com os pets

Caso vá viajar com pets, certifique-se, antes de viajar, que a carteira de vacinação do animal esteja atualizada. Procure um veterinário, se necessário, para entender qual é a melhor forma de passear com o bichinho e invista em cuidados básicos de saúde e higiene.

Assim como a residência, existem planos e seguros focados na prevenção e cuidados com os pets. Caso seu animal possua alguma predisposição, você estará seguro de que o atendimento será rápido e não provocará aglomerações em centros de medicina veterinária.

Antes de sair de casa

Antes de viajar, é importante verificar as condições da sua própria residência, que ficará sem manutenção diária por um tempo. Para isso, é necessário checar se saída de gás, torneiras e tomadas estão em dia e sem riscos aparentes.

Uma boa opção é deixar uma cópia da chave com uma pessoa de confiança que não vai viajar. Assim, caso haja um imprevisto, a resolução será mais ágil e eficaz.

Outra alternativa é contratar um seguro residencial personalizado, assegurando que qualquer dano causado possa ser revertido em pouco tempo e não comprometa as economias para o próximo ano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;