Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

S.Caetano fecha hospital de campanha depois de 4 meses e 190 altas médicas

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Decisão foi tomada após estabilização da média móvel da Covid-19


Flavia Kuratori
Do Diário do Grande ABC

27/08/2020 | 00:01


Quatro meses depois de ser inaugurado, o hospital de campanha instalado no Hospital São Caetano, na cidade de mesmo nome, encerrou as atividades. Ao todo, 193 pacientes se trataram da Covid-19 no equipamento, dos quais 190 se recuperaram. Ontem, a última alta foi a de uma mulher de 77 anos, que estava há 23 dias internada.

“Ele (o hospital de campanha) deu um suporte muito importante em todos esses meses. Planejávamos fechar em 30 de julho, mas não foi possível porque a média móvel ainda estava em ascensão, não tinha como não colocar pacientes no hospital de campanha. Depois, a média móvel começou a diminuir, ficou constante e nos deu segurança (para encerrar as atividades do equipamento). Não dava para fechar e depois reabrir”, explicou Regina Maura Zetone, secretária da Saúde de São Caetano.

Para se ter ideia, em 24 de julho, a média era de 23,9 casos e dois óbitos confirmados por dia. Ontem, a média ficou em 18,3 diagnósticos e 0,86 morte diariamente, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura. Além disso, a ocupação do equipamento não ultrapassou 5% desde o dia 16 e, nos últimos cinco dias, apenas dois pacientes estavam internados.

O hospital de campanha disponibilizava 100 leitos de enfermaria e dois de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O atendimento foi desempenhado por 205 profissionais entre médicos, enfermeiros, recepcionistas, porteiros, auxiliares de limpeza e seguranças.

Agora, São Caetano conta com 18 leitos de enfermaria e 40 de UTI, no Complexo Hospitalar, exclusivos para pacientes diagnosticados com a Covid-19.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Caetano fecha hospital de campanha depois de 4 meses e 190 altas médicas

Decisão foi tomada após estabilização da média móvel da Covid-19

Flavia Kuratori
Do Diário do Grande ABC

27/08/2020 | 00:01


Quatro meses depois de ser inaugurado, o hospital de campanha instalado no Hospital São Caetano, na cidade de mesmo nome, encerrou as atividades. Ao todo, 193 pacientes se trataram da Covid-19 no equipamento, dos quais 190 se recuperaram. Ontem, a última alta foi a de uma mulher de 77 anos, que estava há 23 dias internada.

“Ele (o hospital de campanha) deu um suporte muito importante em todos esses meses. Planejávamos fechar em 30 de julho, mas não foi possível porque a média móvel ainda estava em ascensão, não tinha como não colocar pacientes no hospital de campanha. Depois, a média móvel começou a diminuir, ficou constante e nos deu segurança (para encerrar as atividades do equipamento). Não dava para fechar e depois reabrir”, explicou Regina Maura Zetone, secretária da Saúde de São Caetano.

Para se ter ideia, em 24 de julho, a média era de 23,9 casos e dois óbitos confirmados por dia. Ontem, a média ficou em 18,3 diagnósticos e 0,86 morte diariamente, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura. Além disso, a ocupação do equipamento não ultrapassou 5% desde o dia 16 e, nos últimos cinco dias, apenas dois pacientes estavam internados.

O hospital de campanha disponibilizava 100 leitos de enfermaria e dois de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O atendimento foi desempenhado por 205 profissionais entre médicos, enfermeiros, recepcionistas, porteiros, auxiliares de limpeza e seguranças.

Agora, São Caetano conta com 18 leitos de enfermaria e 40 de UTI, no Complexo Hospitalar, exclusivos para pacientes diagnosticados com a Covid-19.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;