Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Austrália: Lleyton Hewitt vence Nalbandian em jogo histórico


Do Diário OnLine

26/01/2005 | 11:42


Em um jogo memorável, o australiano Lleython Hewitt venceu nesta quarta-feira o argentino David Nalbandian por 3 sets a 2, parciais de 6-3, 6-2, 1-6, 3-6 e 10-8, e garantiu uma vaga nas semifinais do Aberto da Austrália, primeiro torneio Grand Slam de 2005. Ele enfrentará agora o norte-americano Andy Roddick, que eliminou o russo Nikolay Davydenko.

Na base do 'come on' (vamos em inglês), grito característico de Hewitt e que foi alvo de críticas por Nalbandian, o anfitrião superou todas as dificuldades para eliminar o argentino – último tenista sul-americano que ainda estava vivo no torneio. Depois de vencer os dois primeiros sets, o australiano viu seu adversário crescer em quadra. Com golpes precisos e confiantes, Nalbandian fechou os dois sets seguintes e levou a partida para um desempate.

No quinto set, Hewitt e Nalbandian levaram a torcida ao delírio com jogadas de efeito e muita raça. As provocações com troca de olhares e gritos, os dois guerreiros disputaram 18 games para que o vencedor fosse conhecido. No quinto set não existe tie-break e ele só acaba quando se abre dois games de vantagem para o adversário.

A outra semifinal do Aberto da Austrália promete ser 'quente'. O atual número um do mundo Roger Federer (Suíça) enfrentará o temperamental russo Marat Safin. Os dois protagonizaram a final de 2004, com Federer saindo vencedor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Austrália: Lleyton Hewitt vence Nalbandian em jogo histórico

Do Diário OnLine

26/01/2005 | 11:42


Em um jogo memorável, o australiano Lleython Hewitt venceu nesta quarta-feira o argentino David Nalbandian por 3 sets a 2, parciais de 6-3, 6-2, 1-6, 3-6 e 10-8, e garantiu uma vaga nas semifinais do Aberto da Austrália, primeiro torneio Grand Slam de 2005. Ele enfrentará agora o norte-americano Andy Roddick, que eliminou o russo Nikolay Davydenko.

Na base do 'come on' (vamos em inglês), grito característico de Hewitt e que foi alvo de críticas por Nalbandian, o anfitrião superou todas as dificuldades para eliminar o argentino – último tenista sul-americano que ainda estava vivo no torneio. Depois de vencer os dois primeiros sets, o australiano viu seu adversário crescer em quadra. Com golpes precisos e confiantes, Nalbandian fechou os dois sets seguintes e levou a partida para um desempate.

No quinto set, Hewitt e Nalbandian levaram a torcida ao delírio com jogadas de efeito e muita raça. As provocações com troca de olhares e gritos, os dois guerreiros disputaram 18 games para que o vencedor fosse conhecido. No quinto set não existe tie-break e ele só acaba quando se abre dois games de vantagem para o adversário.

A outra semifinal do Aberto da Austrália promete ser 'quente'. O atual número um do mundo Roger Federer (Suíça) enfrentará o temperamental russo Marat Safin. Os dois protagonizaram a final de 2004, com Federer saindo vencedor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;