Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Tempo deve ficar instável na região até amanhã

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ontem, chuva provocou ponto de alagamento na Vila Vivaldi, em São Bernardo


Guilherme Monfardini
Especial para o Diário

05/11/2013 | 07:01


O tempo na região deve ficar instável até amanhã em razão de uma frente fria vinda do Sul do País.

“As temperaturas vão cair na região ainda hoje. Mas amanhã já voltam a subir”, afirma o meteorologista Gustavo Verardo, da Somar Meteorologia.

O especialista explicou também que as chuvas perdem força hoje. “Deve voltar a chover no domingo, quando outra área de instabilidade atinge o Grande ABC”.

Hoje, a temperatura máxima deve girar em torno dos 20ºC. “A média mensal é de 26,4ºC. Mas é muito cedo para afirmar se o mês será mais frio ou mais quente do que no ano anterior”, estima.

Verardo salienta que essa mudança no tempo ocorreu devido ao vento. “Até domingo, os ventos vindos do Centro-Oeste traziam ar quente. Mas essas correntes mudaram de direção e agora vêm do Sul”, acrescenta Verardo. O profissional salienta que as temperaturas seriam ainda mais baixas se a corrente viesse do Sul do continente, de países como Argentina e Uruguai.

O sol forte deverá permanecer na região de quinta a domingo, quando os termômetros deverão cair novamente.

TRANSTORNOS

 

 

A chuva castigou o Grande ABC no fim da tarde de ontem. Ponto de alagamento foi registrado na Vila Vivaldi, em São Bernardo, próximo às avenidas Senador Vergueiro e Winston Churchill. Pela manhã, a circulação foi prejudicada no Metrô e em diversas linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), provocando congestionamentos na Capital.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tempo deve ficar instável na região até amanhã

Ontem, chuva provocou ponto de alagamento na Vila Vivaldi, em São Bernardo

Guilherme Monfardini
Especial para o Diário

05/11/2013 | 07:01


O tempo na região deve ficar instável até amanhã em razão de uma frente fria vinda do Sul do País.

“As temperaturas vão cair na região ainda hoje. Mas amanhã já voltam a subir”, afirma o meteorologista Gustavo Verardo, da Somar Meteorologia.

O especialista explicou também que as chuvas perdem força hoje. “Deve voltar a chover no domingo, quando outra área de instabilidade atinge o Grande ABC”.

Hoje, a temperatura máxima deve girar em torno dos 20ºC. “A média mensal é de 26,4ºC. Mas é muito cedo para afirmar se o mês será mais frio ou mais quente do que no ano anterior”, estima.

Verardo salienta que essa mudança no tempo ocorreu devido ao vento. “Até domingo, os ventos vindos do Centro-Oeste traziam ar quente. Mas essas correntes mudaram de direção e agora vêm do Sul”, acrescenta Verardo. O profissional salienta que as temperaturas seriam ainda mais baixas se a corrente viesse do Sul do continente, de países como Argentina e Uruguai.

O sol forte deverá permanecer na região de quinta a domingo, quando os termômetros deverão cair novamente.

TRANSTORNOS

 

 

A chuva castigou o Grande ABC no fim da tarde de ontem. Ponto de alagamento foi registrado na Vila Vivaldi, em São Bernardo, próximo às avenidas Senador Vergueiro e Winston Churchill. Pela manhã, a circulação foi prejudicada no Metrô e em diversas linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), provocando congestionamentos na Capital.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;