Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

INSS vai notificar 71 mil aposentados


Natália Lima
Do Diário do Grande ABC

19/04/2007 | 07:01


A Previdência Social começa nesta quinta-feira a notificar aposentados e pensionistas de todo o País, para atualizarem seus dados junto ao Censo Previdenciário.

No total, serão realizadas 71.480 notificações. No Estado de São Paulo, serão chamados 11.388 beneficiários.

Segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a notificação será de duas formas: por carta, caso a pessoa não tenha endereço atualizado no Instituto, ou por edital publicado nesta quinta-feira em alguns jornais escolhidos por Brasília.

Ao todo, 272 aposentados e pensionistas da Previdência Social receberão a notificação por carta e 11.116 por edital.

No grande ABC serão realizadas 1.115 notificações, sendo 449 em São Bernardo – 18 serão por cartas e 431 por edital. Em Santo André, serão feitas 666 convocações, 13 via correio e 653 por edital.

“As notificações têm dois objetivos: atualizar o cadastro da previdência em relação aos aposentados e pensionistas e também prevenir possíveis fraudes que podem ocorrer caso esses dados não estejam regularmente cadastrados junto ao órgão”, justifica o INSS.

Documentos - Os documentos obrigatórios para a realização do Censo é o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e um documento de identificação, que pode ser o RG (carteira de identidade), CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), passaporte, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou registro de conselho profissional. O INSS recomenda, também, que o beneficiário apresente um comprovante de residência e o NIT (Número de Inscrição do Trabalhador).

Prazo - O aposentado ou pensionista tem prazo de 30 dias, após receber a notificação por carta ou edital, para atualizar os dados cadastrais na agência bancária, na qual recebe seu benefício. Segundo o Instituto, passado esse prazo, o pagamento mensal é suspenso, permanecendo nessa situação durante o período de 90 dias.

O órgão afirma ainda que para reativar o benefício, o interessado deve comparecer ao banco e apresentar os documentos exigidos. Se o beneficiário não efetuar a atualização de seus dados, o pagamento é suspenso e só poderá ser reativado em uma agência da Previdência Social responsável pelo seu controle.

Reforma - Em entrevista ao Diário, o Ministro da Previdência, Luiz Marinho, afirmou que não haverá mudanças em curto prazo referindo-se à aposentados e pensionistas, em relação a Reforma da Previdência, prevista para se iniciar no final de setembro.

“Estamos trabalhando com uma visão voltada para o futuro, visando a sustentabilidade da Previdência Social. A nossa prioridade é, primeiramente, combater fraudes”, destaca o ministro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

INSS vai notificar 71 mil aposentados

Natália Lima
Do Diário do Grande ABC

19/04/2007 | 07:01


A Previdência Social começa nesta quinta-feira a notificar aposentados e pensionistas de todo o País, para atualizarem seus dados junto ao Censo Previdenciário.

No total, serão realizadas 71.480 notificações. No Estado de São Paulo, serão chamados 11.388 beneficiários.

Segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a notificação será de duas formas: por carta, caso a pessoa não tenha endereço atualizado no Instituto, ou por edital publicado nesta quinta-feira em alguns jornais escolhidos por Brasília.

Ao todo, 272 aposentados e pensionistas da Previdência Social receberão a notificação por carta e 11.116 por edital.

No grande ABC serão realizadas 1.115 notificações, sendo 449 em São Bernardo – 18 serão por cartas e 431 por edital. Em Santo André, serão feitas 666 convocações, 13 via correio e 653 por edital.

“As notificações têm dois objetivos: atualizar o cadastro da previdência em relação aos aposentados e pensionistas e também prevenir possíveis fraudes que podem ocorrer caso esses dados não estejam regularmente cadastrados junto ao órgão”, justifica o INSS.

Documentos - Os documentos obrigatórios para a realização do Censo é o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e um documento de identificação, que pode ser o RG (carteira de identidade), CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), passaporte, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou registro de conselho profissional. O INSS recomenda, também, que o beneficiário apresente um comprovante de residência e o NIT (Número de Inscrição do Trabalhador).

Prazo - O aposentado ou pensionista tem prazo de 30 dias, após receber a notificação por carta ou edital, para atualizar os dados cadastrais na agência bancária, na qual recebe seu benefício. Segundo o Instituto, passado esse prazo, o pagamento mensal é suspenso, permanecendo nessa situação durante o período de 90 dias.

O órgão afirma ainda que para reativar o benefício, o interessado deve comparecer ao banco e apresentar os documentos exigidos. Se o beneficiário não efetuar a atualização de seus dados, o pagamento é suspenso e só poderá ser reativado em uma agência da Previdência Social responsável pelo seu controle.

Reforma - Em entrevista ao Diário, o Ministro da Previdência, Luiz Marinho, afirmou que não haverá mudanças em curto prazo referindo-se à aposentados e pensionistas, em relação a Reforma da Previdência, prevista para se iniciar no final de setembro.

“Estamos trabalhando com uma visão voltada para o futuro, visando a sustentabilidade da Previdência Social. A nossa prioridade é, primeiramente, combater fraudes”, destaca o ministro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;