Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

UPA de Diadema continua com falta de médicos

Em plena segunda-feira, não havia clínico geral na unidade


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

13/03/2012 | 07:00


Segunda-feira geralmente é dia cheio nas unidades de Saúde que oferecem atendimento de urgência. Ontem, porém, na recém-inaugurada UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Paineiras, em Diadema, nenhum clínico geral estava de plantão.

A informação foi confirmada por uma atendente, que orientava os pacientes a seguirem até o Quarteirão da Saúde, no Centro. A outra alternativa seria retornar após as 19h. Apenas crianças eram atendidas. A funcionária relatou que três pediatras estavam na unidade.

De janeiro para cá, a situação piorou. Na ocasião, quando o Diário denunciou o problema, funcionários afirmaram que pelo menos um clínico geral fazia plantão às segundas-feiras, durante o dia.

Em 30 minutos, quatro pacientes precisaram voltar para casa após receber a notícia, ontem. Os usuários ficaram revoltados com a dispensa. "Estou com pedra na vesícula e preciso mostrar meus exames ao médico. E se for algo grave?", questiona o autônomo Cosmo da Silva, 43 anos. Já a operadora de telemarketing Laísse Lima, 42, saiu da unidade com semblante de choro e sintomas de sinusite. "Venho de ônibus, tomo chuva e não adianta nada."

Procurada, a Prefeitura disse que se pronunciará sobre o problema até amanhã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

UPA de Diadema continua com falta de médicos

Em plena segunda-feira, não havia clínico geral na unidade

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

13/03/2012 | 07:00


Segunda-feira geralmente é dia cheio nas unidades de Saúde que oferecem atendimento de urgência. Ontem, porém, na recém-inaugurada UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Paineiras, em Diadema, nenhum clínico geral estava de plantão.

A informação foi confirmada por uma atendente, que orientava os pacientes a seguirem até o Quarteirão da Saúde, no Centro. A outra alternativa seria retornar após as 19h. Apenas crianças eram atendidas. A funcionária relatou que três pediatras estavam na unidade.

De janeiro para cá, a situação piorou. Na ocasião, quando o Diário denunciou o problema, funcionários afirmaram que pelo menos um clínico geral fazia plantão às segundas-feiras, durante o dia.

Em 30 minutos, quatro pacientes precisaram voltar para casa após receber a notícia, ontem. Os usuários ficaram revoltados com a dispensa. "Estou com pedra na vesícula e preciso mostrar meus exames ao médico. E se for algo grave?", questiona o autônomo Cosmo da Silva, 43 anos. Já a operadora de telemarketing Laísse Lima, 42, saiu da unidade com semblante de choro e sintomas de sinusite. "Venho de ônibus, tomo chuva e não adianta nada."

Procurada, a Prefeitura disse que se pronunciará sobre o problema até amanhã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;