Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Assalto deixa farmácia do Estado sem medicamentos

Paciente com diabetes não conseguiu retirar insulina no Núcleo de Dispensação


Camila Galvez
Do Diário do Grande ABC

22/09/2012 | 07:00


O Núcleo de Dispensação de Medicamentos da Secretaria de Estado da Saúde em Santo André está com falta de remédios. A unidade foi assaltada no dia 7 e várias embalagens foram levadas pelos ladrões, incluindo insulina e produtos contra diversos tipos de câncer, a maioria de alto custo.

A mãe do diabético Cléber Ximenes, 30 anos, Maria Aparecida Molinari Ximenes, 51, retira a insulina Lantus para o filho há dez anos. Maria Aparecida foi buscar a quantidade necessária para o próximo mês na quinta-feira, quando foi informada que o medicamento estava em falta por conta do assalto. "Meu filho consome quatro frascos dessa insulina por mês. Se tiver de comprar, ficam mais de R$ 1.000. Não temos condições de gastar essa quantia", reclamou.

Conforme a Pasta, o caso foi encaminhado à polícia e ao setor de Saúde da Corregedoria Geral de Administração. Para auxiliar as buscas pelos criminosos, as imagens do assalto, gravadas pela câmera de segurança instalada no núcleo, foram repassadas à polícia.

Em relação aos insumos roubados, a secretaria informou que a unidade está providenciando o reabastecimento dos medicamentos e, portanto, nenhum paciente ficará desassistido. No entanto, não foi dado prazo para a normalização da distribuição de remédios na unidade.

Sobre a insulina Lantus, retirada pelo paciente Cléber Ximenes, o núcleo informou que o medicamento estará disponível a partir de segunda-feira. A mãe foi avisada por telefone para retirá-lo no local, o que Maria Aparecida confirmou ao Diário.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;