Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Site ajuda a entender os garotos


Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

12/05/2013 | 07:00


 

Assim como entender as mulheres não é fácil, decifrar o universo masculino também é tarefa complicada. Sabe aquele SMS ou conversa com o garoto que não dá para sacar qual é realmente a intenção dele?

Foi pensando em ajudar a interpretar as mensagens dos meninos que as irmãs Natalia, 25 anos, e Emanuela Pegoraro, 27, do Rio Grande do Sul, criaram há dois meses o Chat SOS (www.chatsos.com.br), rede social em que as usuárias podem trocar conselhos on-line sobre relacionamentos. "Os jovens estão mais conectados e acostumados a teclar do que falar. Por isso, resolvemos criar canal para compartilhar experiências, mas que respeitasse a privacidade (não precisa se identificar)", diz Natalia.

Para acessar o site basta se cadastrar e enviar print screen da mensagem (de outra rede social, por exemplo) ou colar a conversa com o garoto. Precisa dar breve explicação da história e listar as dúvidas para que as usuárias opinem ou apenas cliquem em um dos botões: ‘se joga' ou ‘cai fora'.Natalia acredita que o site oferece às jovens opiniões diferentes sobre o assunto, que vão além das sugeridas pela mãe e amigas próximas. "Também é ferramenta para as tímidas que, às vezes, não conseguem falar abertamente sobre o relacionamento."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Site ajuda a entender os garotos

Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

12/05/2013 | 07:00


 

Assim como entender as mulheres não é fácil, decifrar o universo masculino também é tarefa complicada. Sabe aquele SMS ou conversa com o garoto que não dá para sacar qual é realmente a intenção dele?

Foi pensando em ajudar a interpretar as mensagens dos meninos que as irmãs Natalia, 25 anos, e Emanuela Pegoraro, 27, do Rio Grande do Sul, criaram há dois meses o Chat SOS (www.chatsos.com.br), rede social em que as usuárias podem trocar conselhos on-line sobre relacionamentos. "Os jovens estão mais conectados e acostumados a teclar do que falar. Por isso, resolvemos criar canal para compartilhar experiências, mas que respeitasse a privacidade (não precisa se identificar)", diz Natalia.

Para acessar o site basta se cadastrar e enviar print screen da mensagem (de outra rede social, por exemplo) ou colar a conversa com o garoto. Precisa dar breve explicação da história e listar as dúvidas para que as usuárias opinem ou apenas cliquem em um dos botões: ‘se joga' ou ‘cai fora'.Natalia acredita que o site oferece às jovens opiniões diferentes sobre o assunto, que vão além das sugeridas pela mãe e amigas próximas. "Também é ferramenta para as tímidas que, às vezes, não conseguem falar abertamente sobre o relacionamento."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;