Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Denúncia leva à prisão de agressor de deficiente física

Homem era procurado por crime cometido em Presidente Prudente


Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

25/05/2012 | 07:00


Cansado de assistir às constantes agressões físicas sofridas por uma idosa cadeirante, um morador do Jardim Represa, em São Bernardo, fez uma denúncia anônima por meio do Copom (Centro de Operações da Polícia Militar).

Quando os policiais chegaram à residência, localizada na Rua Ponta Grossa, e verificaram os antecedentes criminais do aposentado José Carlos Logli, 60 anos, assustaram-se: ele tinha inúmeras passagens anteriores em presídios por roubo e outras práticas criminosas. Havia ainda em seu nome um mandado de prisão em Presidente Prudente, interior do Estado. Logli era considerado foragido da Justiça.

Segundo o denunciante, que teve a identidade preservada, já fazia alguns anos que Logli tinha por hábito agredir a mulher, que é sua mãe. Rígido, autoritário e violento, era ignorante no tratamento com os familiares e alegou que "não fazia nada demais" durante sua prisão.

A vítima tem deficiência física e não consegue fazer qualquer atividade sozinha. Inicialmente, negou as acusações contra o filho. Após conversa, no entanto, reconheceu que era vítima de violência doméstica.

O aposentado foi autuado por lesão corporal. Os crimes pelos quais é procurado no interior não foram revelados pela Polícia Civil. O caso foi registrado no 8º DP (Jardim Campestre) da cidade e o acusado foi levado ao CDP (Centro de Detenção Provisória).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Denúncia leva à prisão de agressor de deficiente física

Homem era procurado por crime cometido em Presidente Prudente

Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

25/05/2012 | 07:00


Cansado de assistir às constantes agressões físicas sofridas por uma idosa cadeirante, um morador do Jardim Represa, em São Bernardo, fez uma denúncia anônima por meio do Copom (Centro de Operações da Polícia Militar).

Quando os policiais chegaram à residência, localizada na Rua Ponta Grossa, e verificaram os antecedentes criminais do aposentado José Carlos Logli, 60 anos, assustaram-se: ele tinha inúmeras passagens anteriores em presídios por roubo e outras práticas criminosas. Havia ainda em seu nome um mandado de prisão em Presidente Prudente, interior do Estado. Logli era considerado foragido da Justiça.

Segundo o denunciante, que teve a identidade preservada, já fazia alguns anos que Logli tinha por hábito agredir a mulher, que é sua mãe. Rígido, autoritário e violento, era ignorante no tratamento com os familiares e alegou que "não fazia nada demais" durante sua prisão.

A vítima tem deficiência física e não consegue fazer qualquer atividade sozinha. Inicialmente, negou as acusações contra o filho. Após conversa, no entanto, reconheceu que era vítima de violência doméstica.

O aposentado foi autuado por lesão corporal. Os crimes pelos quais é procurado no interior não foram revelados pela Polícia Civil. O caso foi registrado no 8º DP (Jardim Campestre) da cidade e o acusado foi levado ao CDP (Centro de Detenção Provisória).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;