Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sessão na Assembleia quase termina em pancadaria


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

05/12/2019 | 07:00


Confusão quase terminou em pancadaria na sessão de ontem na Assembleia Legislativa durante votação da reforma da Previdência dos servidores estaduais. O deputado estadual Arthur Mamãe Falei (ex-DEM) discursava na tribuna, defendendo itens do projeto de lei encaminhado pelo governador João Doria (PSDB), e foi vaiado por manifestantes nas galerias. Ele retrucou, chamando as pessoas que estavam nos protestos de “vagabundas” e insinuando que elas eram financiados pelo PT.

“Quero pegar você que toma dinheiro dos trabalhadores, bando de vagabundo”, disparou, em crítica a sindicatos. Os deputados estaduais Teonilio Barba (PT) – do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC – e Luiz Fernando Teixeira (PT), ambos de São Bernardo, correram para onde estava Arthur, que cerrou os punhos. Mas qualquer agressão foi impedida por outros parlamentares.

Antes, o deputado Enio Tatto (PT) criticou a parlamentar Janaina Paschoal (PSL), que também elogiou trechos da reforma da Previdência estadual. O petista disse que parecia que “Janaina estava sentada no colo de Doria”. Grupo de deputadas gravou vídeo. “Conotação machista e que ninguém tem coragem de repetir. Repudio as falas que temos visto, nós, mulheres, aqui na Assembleia”, disse Carla Morando (PSDB), ao lado de Damaris Moura (PSDB), Leticia Aguiar (PSL), Maria Lucia Amary (PSDB) e Janaina.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sessão na Assembleia quase termina em pancadaria

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

05/12/2019 | 07:00


Confusão quase terminou em pancadaria na sessão de ontem na Assembleia Legislativa durante votação da reforma da Previdência dos servidores estaduais. O deputado estadual Arthur Mamãe Falei (ex-DEM) discursava na tribuna, defendendo itens do projeto de lei encaminhado pelo governador João Doria (PSDB), e foi vaiado por manifestantes nas galerias. Ele retrucou, chamando as pessoas que estavam nos protestos de “vagabundas” e insinuando que elas eram financiados pelo PT.

“Quero pegar você que toma dinheiro dos trabalhadores, bando de vagabundo”, disparou, em crítica a sindicatos. Os deputados estaduais Teonilio Barba (PT) – do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC – e Luiz Fernando Teixeira (PT), ambos de São Bernardo, correram para onde estava Arthur, que cerrou os punhos. Mas qualquer agressão foi impedida por outros parlamentares.

Antes, o deputado Enio Tatto (PT) criticou a parlamentar Janaina Paschoal (PSL), que também elogiou trechos da reforma da Previdência estadual. O petista disse que parecia que “Janaina estava sentada no colo de Doria”. Grupo de deputadas gravou vídeo. “Conotação machista e que ninguém tem coragem de repetir. Repudio as falas que temos visto, nós, mulheres, aqui na Assembleia”, disse Carla Morando (PSDB), ao lado de Damaris Moura (PSDB), Leticia Aguiar (PSL), Maria Lucia Amary (PSDB) e Janaina.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;