Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alaíde demite secretário de Obras e até pai de Orosco

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Gilberto foi indicado para suceder pedetista na Prefeitura de Mauá; outros sete são exonerados


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

25/05/2018 | 07:00


A prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB), assinou mais exonerações de indicações de seu ex-genro, o ex-secretário de Obras e pré-candidato a deputado federal pelo PDT José Carlos Orosco Júnior. Foram nove demissões, entre elas a do advogado Gilberto João de Oliveira, que sucedeu Orosco no comando da Secretaria de Obras, e a do pai do político, José Carlos Orosco Roman.

Completam a lista de aliados de Orosco que foram demitidos Adriana da Silva Moura (assessora de gabinete na Secretaria de Obras), Samara Tavares Estrangeira (assistente de políticas públicas de Obras), Estrela Regina Magalhães (assessor de gabinete na Secretaria de Educação), Mário Marcos Xavier (chefe de núcleo na Educação), Marcelo da Silva Brito (diretor de divisão na Educação), Almack Motta Cirqueira Júnior (assistente da Educação) e Manoel Pedro Amorim, conhecido como Mané Borracheiro (gerente da Secretaria de Obras).

Gilberto, advogado do MDB na época em que o diretório mauaense era presidido por Orosco, sucedeu o aliado quando ele foi demitido pelo prefeito Atila Jacomussi (PSB), em fevereiro de 2017, após vazamento de vídeos íntimos. José Carlos Orosco Roman ingressou no Paço no mesmo momento e era gerente da Secretaria de Educação, com salário bruto de R$ 5.450 mensais.

Por ora, outro aliado de Orosco segue na Prefeitura. Fernando Coppola, o Xuxa, é secretário de Educação desde o começo da gestão de Atila. Xuxa foi chefe de gabinete no mandato de deputada estadual de Vanessa Damo (MDB), ex-mulher de Orosco, filha de Alaíde e hoje secretária de Relações Institucionais.

Oficialmente a administração de Alaíde Damo não detalhou os motivos das exonerações. Nos bastidores, entretanto, a demissão de indicações de Orosco já era cogitada quando Atila foi preso, no dia 9, na esteira das investigações da Operação Prato Feito, da PF (Polícia Federal), que apurou desvio em contratos da merenda escolar – o socialista segue detido e aguarda análise de um habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal).

Com a posse de Alaíde como prefeita interina, os desligamentos foram levados adiante. Segundo o Diário apurou, Vanessa (que tem atuado como conselheira da mãe no exercício da função) não fez objeção ao corte de indicados de seu ex-marido.

Orosco não retornou aos contatos da equipe do Diário para comentar as exonerações de seus aliados. Oficialmente ele não se declara oposição a Atila, porém, tem feito críticas públicas à administração. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alaíde demite secretário de Obras e até pai de Orosco

Gilberto foi indicado para suceder pedetista na Prefeitura de Mauá; outros sete são exonerados

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

25/05/2018 | 07:00


A prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB), assinou mais exonerações de indicações de seu ex-genro, o ex-secretário de Obras e pré-candidato a deputado federal pelo PDT José Carlos Orosco Júnior. Foram nove demissões, entre elas a do advogado Gilberto João de Oliveira, que sucedeu Orosco no comando da Secretaria de Obras, e a do pai do político, José Carlos Orosco Roman.

Completam a lista de aliados de Orosco que foram demitidos Adriana da Silva Moura (assessora de gabinete na Secretaria de Obras), Samara Tavares Estrangeira (assistente de políticas públicas de Obras), Estrela Regina Magalhães (assessor de gabinete na Secretaria de Educação), Mário Marcos Xavier (chefe de núcleo na Educação), Marcelo da Silva Brito (diretor de divisão na Educação), Almack Motta Cirqueira Júnior (assistente da Educação) e Manoel Pedro Amorim, conhecido como Mané Borracheiro (gerente da Secretaria de Obras).

Gilberto, advogado do MDB na época em que o diretório mauaense era presidido por Orosco, sucedeu o aliado quando ele foi demitido pelo prefeito Atila Jacomussi (PSB), em fevereiro de 2017, após vazamento de vídeos íntimos. José Carlos Orosco Roman ingressou no Paço no mesmo momento e era gerente da Secretaria de Educação, com salário bruto de R$ 5.450 mensais.

Por ora, outro aliado de Orosco segue na Prefeitura. Fernando Coppola, o Xuxa, é secretário de Educação desde o começo da gestão de Atila. Xuxa foi chefe de gabinete no mandato de deputada estadual de Vanessa Damo (MDB), ex-mulher de Orosco, filha de Alaíde e hoje secretária de Relações Institucionais.

Oficialmente a administração de Alaíde Damo não detalhou os motivos das exonerações. Nos bastidores, entretanto, a demissão de indicações de Orosco já era cogitada quando Atila foi preso, no dia 9, na esteira das investigações da Operação Prato Feito, da PF (Polícia Federal), que apurou desvio em contratos da merenda escolar – o socialista segue detido e aguarda análise de um habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal).

Com a posse de Alaíde como prefeita interina, os desligamentos foram levados adiante. Segundo o Diário apurou, Vanessa (que tem atuado como conselheira da mãe no exercício da função) não fez objeção ao corte de indicados de seu ex-marido.

Orosco não retornou aos contatos da equipe do Diário para comentar as exonerações de seus aliados. Oficialmente ele não se declara oposição a Atila, porém, tem feito críticas públicas à administração. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;