Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Escola da Família beneficia 211 universitários

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Programa oferece bolsa a alunos que se dispõem a trabalhar nas unidades estaduais aos fins de semana


Bianca Barbosa
Especial para o Diário

12/05/2018 | 07:00


 Para o estudante de Educação Física da faculdade Anhanguera Fábio Ribeiro da Silva, 33 anos, o Programa Escola da Família, da Secretaria de Educação estadual, representou “luz no fim do túnel” em período em que estava desempregado e, desesperado, já considerava a possibilidade de trancar o curso. Ele é um dos 211 alunos do Ensino Superior do Grande ABC que integram o projeto, que oferece bolsa de estudos para aqueles que se dispõem a trabalhar oito horas por dia aos sábados e domingos em escolas estaduais.

“Fiquei desesperado, procurando uma solução para não precisar parar os estudos. Fui na secretaria (da unidade de Ensino Superior) e descobri essa possibilidade. No segundo semestre do curso já estava participando do programa. Se não fosse a bolsa eu não teria oportunidade de estudar”, ressalta Silva, orgulhoso. Ele trabalha aos sábados e domingos na EE Professora Mércia Artimos Maron, que fica no mesmo bairro onde mora, no Taboão, em Diadema. “Faço atendimento ao público ensinando alongamentos, criando atividades recreativas, de esportes e até culturais”, diz.

Em 15 anos de existência, o Escola da Família atende 2.238 colégios do Estado de São Paulo, sendo 82 instituições estaduais das sete cidades (21 em São Bernardo, 19 em Diadema, 16 em Mauá, 13 em Santo André, seis em Rio Grande da Serra, quatro em Ribeirão Pires, e três em São Caetano).

A vice-diretora da escola em que Fábio trabalha aos fins de semana, Nanci Marcílio Messias, observa que o programa é dividido entre atividades de saúde, esporte, cultura, e também tem o objetivo de atrair, além dos jovens, o público idoso da comunidade. “Esse programa é importante para mostrar que a escola não é só um espaço de ensino. Eles (moradores) podem trazer problemas e vamos receber todos de braços abertos.”

INSCRIÇÕES ABERTAS

Para participar do programa, o universitário deve verificar se o curso e a faculdade que frequenta são conveniados ao projeto. As inscrições estão abertas até segunda-feira por meio do endereço eletrônico www.escoladafamilia.fde.sp.gov.br. O universitário precisa apresentar a documentação necessária na diretoria de ensino e aguardar o chamado. O aluno não pode ser participante de nenhum tipo de bolsa de estudo ou financiamento estudantil. O Estado custeia R$ 500 da mensalidade e a instituição de ensino completa o restante.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Escola da Família beneficia 211 universitários

Programa oferece bolsa a alunos que se dispõem a trabalhar nas unidades estaduais aos fins de semana

Bianca Barbosa
Especial para o Diário

12/05/2018 | 07:00


 Para o estudante de Educação Física da faculdade Anhanguera Fábio Ribeiro da Silva, 33 anos, o Programa Escola da Família, da Secretaria de Educação estadual, representou “luz no fim do túnel” em período em que estava desempregado e, desesperado, já considerava a possibilidade de trancar o curso. Ele é um dos 211 alunos do Ensino Superior do Grande ABC que integram o projeto, que oferece bolsa de estudos para aqueles que se dispõem a trabalhar oito horas por dia aos sábados e domingos em escolas estaduais.

“Fiquei desesperado, procurando uma solução para não precisar parar os estudos. Fui na secretaria (da unidade de Ensino Superior) e descobri essa possibilidade. No segundo semestre do curso já estava participando do programa. Se não fosse a bolsa eu não teria oportunidade de estudar”, ressalta Silva, orgulhoso. Ele trabalha aos sábados e domingos na EE Professora Mércia Artimos Maron, que fica no mesmo bairro onde mora, no Taboão, em Diadema. “Faço atendimento ao público ensinando alongamentos, criando atividades recreativas, de esportes e até culturais”, diz.

Em 15 anos de existência, o Escola da Família atende 2.238 colégios do Estado de São Paulo, sendo 82 instituições estaduais das sete cidades (21 em São Bernardo, 19 em Diadema, 16 em Mauá, 13 em Santo André, seis em Rio Grande da Serra, quatro em Ribeirão Pires, e três em São Caetano).

A vice-diretora da escola em que Fábio trabalha aos fins de semana, Nanci Marcílio Messias, observa que o programa é dividido entre atividades de saúde, esporte, cultura, e também tem o objetivo de atrair, além dos jovens, o público idoso da comunidade. “Esse programa é importante para mostrar que a escola não é só um espaço de ensino. Eles (moradores) podem trazer problemas e vamos receber todos de braços abertos.”

INSCRIÇÕES ABERTAS

Para participar do programa, o universitário deve verificar se o curso e a faculdade que frequenta são conveniados ao projeto. As inscrições estão abertas até segunda-feira por meio do endereço eletrônico www.escoladafamilia.fde.sp.gov.br. O universitário precisa apresentar a documentação necessária na diretoria de ensino e aguardar o chamado. O aluno não pode ser participante de nenhum tipo de bolsa de estudo ou financiamento estudantil. O Estado custeia R$ 500 da mensalidade e a instituição de ensino completa o restante.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;