Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

CAD tem ônibus e sala incendiados no Taperinha

Imperador sofre ainda com furtos durante invasão ao CT; presidente quer investigação


Dérek Bittencourt

01/05/2018 | 07:00


Na luta para conseguir colocar novamente a equipe profissional em campo, o CAD (Clube Atlético Diadema) sofreu duro golpe estrutural no domingo. Segundo informações, o Centro de Treinamento do Taperinha – local que abriga as atividades do Imperador – acabou invadido, o ônibus do time e a sala dos treinadores foram incendiados, além de terem sido registrados furtos.

“Não foi acidente, foi mandado. Cabe às autoridades agora investigar. Infelizmente, a cidade de Diadema está nas mãos de (pessoas sem) escrúpulos. Estão tentando nos intimidar, com certeza. Mas não irão conseguir”, disse o presidente Jackson Carvalho. “Ninguém (ficou)</CF> ferido. Não temos ainda o valor do prejuízo”, emendou o dirigente, que busca alternativas para manter o time diademense na cidade. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CAD tem ônibus e sala incendiados no Taperinha

Imperador sofre ainda com furtos durante invasão ao CT; presidente quer investigação

Dérek Bittencourt

01/05/2018 | 07:00


Na luta para conseguir colocar novamente a equipe profissional em campo, o CAD (Clube Atlético Diadema) sofreu duro golpe estrutural no domingo. Segundo informações, o Centro de Treinamento do Taperinha – local que abriga as atividades do Imperador – acabou invadido, o ônibus do time e a sala dos treinadores foram incendiados, além de terem sido registrados furtos.

“Não foi acidente, foi mandado. Cabe às autoridades agora investigar. Infelizmente, a cidade de Diadema está nas mãos de (pessoas sem) escrúpulos. Estão tentando nos intimidar, com certeza. Mas não irão conseguir”, disse o presidente Jackson Carvalho. “Ninguém (ficou)</CF> ferido. Não temos ainda o valor do prejuízo”, emendou o dirigente, que busca alternativas para manter o time diademense na cidade. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;