Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

DEM, PPS e PEN entram na briga pela vice de Lauro


Vitória Rocha
Especial para o Diário

18/05/2016 | 07:00


Anunciada ontem, a coligação DEM, PPS e PEN entrou na briga pela vice no projeto de reeleição do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV). A questão, no entanto, não é fator condicionante para o apoio dos aliados ao verde, segundo os líderes dos partidos. A ideia, além do possível posto de número dois, é que o novo arco consiga eleger entre quatro e cinco vereadores.

Segundo o secretário de Transportes e presidente do PPS na cidade, José Carlos Gonçalves, a coligação tem grandes chances de ocupar a segunda vaga majoritária. “Temos bom grupo, mas a palavra final é do prefeito. Temos como compor porque temos vários nomes de peso que podem ser vice”, disse, negando que esse seja o ponto essencial para estarem no arco de aliados. “Esse apoio (ao Lauro) é incondicional”. Além do popular-socialista, estiveram presentes João Gomes, líder do DEM, e Paulinho Correria, presidente do PEN no município.

Para Zé Carlos, a reação de Lauro à união dos três partidos foi boa. “Ontem (segunda-feira), fizemos reunião com ele para comunicá-lo e ele recebeu (a notícia) com muita alegria. Acho que é força maior para o grupo. Essa deve ser uma das maiores ou a maior coligação que apoiará o prefeito Lauro Michels”, afirmou.

Atualmente no comando de duas Pastas, a Secretaria de Esportes e Lazer e a de Transportes, o DEM e a coligação almejam aumentar o espaço no próximo mandato, segundo Zé Carlos. “Nós não somos melhores que presidente nenhum, o que dizemos para os nossos candidatos é que o espaço no governo é conquistado por voto. A gente não pode pensar em política como uma casa de emprego.”

A coligação conta atualmente com dois vereadores – Reinaldo Meira (DEM) e Zezito (PPS) – e aposta nas candidaturas de Buiú da Praça (PEN) e do vice-presidente do Água Santa, Rivelino Teixeira, o Pretinho (DEM). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

DEM, PPS e PEN entram na briga pela vice de Lauro

Vitória Rocha
Especial para o Diário

18/05/2016 | 07:00


Anunciada ontem, a coligação DEM, PPS e PEN entrou na briga pela vice no projeto de reeleição do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV). A questão, no entanto, não é fator condicionante para o apoio dos aliados ao verde, segundo os líderes dos partidos. A ideia, além do possível posto de número dois, é que o novo arco consiga eleger entre quatro e cinco vereadores.

Segundo o secretário de Transportes e presidente do PPS na cidade, José Carlos Gonçalves, a coligação tem grandes chances de ocupar a segunda vaga majoritária. “Temos bom grupo, mas a palavra final é do prefeito. Temos como compor porque temos vários nomes de peso que podem ser vice”, disse, negando que esse seja o ponto essencial para estarem no arco de aliados. “Esse apoio (ao Lauro) é incondicional”. Além do popular-socialista, estiveram presentes João Gomes, líder do DEM, e Paulinho Correria, presidente do PEN no município.

Para Zé Carlos, a reação de Lauro à união dos três partidos foi boa. “Ontem (segunda-feira), fizemos reunião com ele para comunicá-lo e ele recebeu (a notícia) com muita alegria. Acho que é força maior para o grupo. Essa deve ser uma das maiores ou a maior coligação que apoiará o prefeito Lauro Michels”, afirmou.

Atualmente no comando de duas Pastas, a Secretaria de Esportes e Lazer e a de Transportes, o DEM e a coligação almejam aumentar o espaço no próximo mandato, segundo Zé Carlos. “Nós não somos melhores que presidente nenhum, o que dizemos para os nossos candidatos é que o espaço no governo é conquistado por voto. A gente não pode pensar em política como uma casa de emprego.”

A coligação conta atualmente com dois vereadores – Reinaldo Meira (DEM) e Zezito (PPS) – e aposta nas candidaturas de Buiú da Praça (PEN) e do vice-presidente do Água Santa, Rivelino Teixeira, o Pretinho (DEM). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;